Exclusivo para assinantes UOL

Joseph Blatter, o ambicioso presidente da FIFA

Jörg Kramer

  • Jewel Samad / AFP PHOTO

    O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, na abertura da Copa

    O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, na abertura da Copa

Sepp Blatter trouxe a Copa do Mundo para a áfrica do Sul, e agora ele está procurando se apresentar publicamente como um benévolo defensor do auxílio externo financeiro à áfrica. Mas será que o presidente da Fifa, a instituição que controla o futebol mundial, está realmente interessado em algo mais do que a própria fama? Três dançarinas se balançavam em cabos afixados ao teto, movendo-se ao ritmo do som semelhante ao gorjeio de pássaros criado pelo conjunto musical, quando Joseph “Sepp” Blatter chegou, na última quarta-feira. Uma nuvem de fumaça artificial elevou-se atrás dele, e Blatter, que é suíço, caminhou com uma postura aristocrática pela escuridão do lotado Prédio 2 do Centro de Convenções Gallagher, em Johannesburgo, iluminado pelo único refletor de uma equipe de filmagem. Naquele dia milhares de pessoas haviam saído às ruas no distrito comercial de Sandton para saudar os jogadores da Seleção Sul Africana de futebol, que desfilou em um ônibus aberto. Um sonho virou realidade, disse Blatter, 74, na cerimônia de abertura do 60º Congresso da Fifa (Federação Internacional de Futebol).

UOL Cursos Online

Todos os cursos