Exclusivo para assinantes UOL

Ex-ministro da Defesa defende que Alemanha use as forças armadas conjuntas europeias

Christoph Schwennicke

O ex-ministro da Defesa alemão, Rudolf Scharping, 62, que é membro do oposicionista Partido-Social Democrata da Alemanha (SPD, Sozialdemokratische Partei Deutschland), argumenta que o país não deveria eliminar o serviço militar obrigatório como parte de medidas de austeridade econômica. Em vez disso, ele afirma que os necessários cortes de despesas do governo poderiam ser obtidos com a promoção de forças armadas conjuntas europeias.

UOL Cursos Online

Todos os cursos