Exclusivo para assinantes UOL

"Nos ensinaram a decapitar uma pessoa", diz garoto que viveu sob domínio do EI

Katrin Kuntz

Em Mossul (Iraque)

  • Andy Spyra/Der Spiegel

    O Estado islâmico conquistou Mosul em junho de 2014 e tentou controlar grande parte da administração da cidade, incluindo o sistema de ensino. Agora que a parte oriental da cidade foi libertada, alunos e professores estão tentando voltar ao normal

    O Estado islâmico conquistou Mosul em junho de 2014 e tentou controlar grande parte da administração da cidade, incluindo o sistema de ensino. Agora que a parte oriental da cidade foi libertada, alunos e professores estão tentando voltar ao normal

Certa manhã no final de março, 20 crianças estão paradas numa rua entre casas bombardeadas e carros queimados, na frente de uma escola elementar no leste de Mossul. Quando você lhes pergunta o que aprenderam lá dentro, elas falam sobre matar. Seu professor foi o Estado Islâmico (EI), que teve um enclave aqui. "Daesh, Daesh", gritam as crianças, usando o nome pejorativo em árabe para o EI. As vozes são fortes e excitadas, como se o som escondesse um segredo inacreditável.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos