Exclusivo para assinantes UOL

"Nos deem tempo para realizar as mudanças que temos de fazer", diz Yorgos Papandreu, primeiro-ministro da Grécia

Javier Moreno

Em Madri

  • AFP

    O primeiro-ministro grego, Yorgos Papandreu, explica que o ressentimento que surgiu entre Grécia e Alemanha, com a crise financeira na Europa, não é irreparável, mas incomodou

    O primeiro-ministro grego, Yorgos Papandreu, explica que o ressentimento que surgiu entre Grécia e Alemanha, com a crise financeira na Europa, não é irreparável, mas incomodou

Ele enfrentou cinco greves gerais contra o ajuste social que foi obrigado a impor em um país à beira da falência. Agora só pede tempo para devolver a credibilidade internacional aos gregos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos