Exclusivo para assinantes UOL

Feridos do ataque de Israel denunciam a brutalidade do exército

Ana Carbajosa

Em Ashdod (Israel)

"Me espancaram. Tenho o corpo arrebentado" , diz ativista. A porta-voz militar reconhece que o assalto ocorreu em águas internacionais, "mas quando um país está ameaçado tem o direito de se defender", alega.

UOL Cursos Online

Todos os cursos