Exclusivo para assinantes UOL

Justiça indígena promove mais um linchamento na Bolívia

Mabel Azcui

Em Cochabamba (Bolívia)

  • Martín Alipaz/EFE

    Indígenas e camponeses marcham em La Paz

    Indígenas e camponeses marcham em La Paz

O cidadão boliviano Santiago Flores, 51 anos, foi apedrejado na comunidade de Jununa, em Potosí (Bolívia), acusado de abusar sexualmente de uma idosa, e enterrado, supostamente de boca para baixo, segundo os costumes indígenas, para impedir que sua "ajayu" (alma ou espírito) incomode os moradores da comunidade, agora sob pacto de silêncio.

UOL Cursos Online

Todos os cursos