Exclusivo para assinantes UOL

"Sozinho não posso mudar o Egito", diz Mohamed El Baradei, líder pró-democracia

Ángeles Espinosa

  • Jean-Christophe Verhaegen/AFP - 24.mai.2007

    Mohamed El Baradei é ex-chefe da AIEA, Prêmio Nobel da Paz e líder pró-democracia no Egito

    Mohamed El Baradei é ex-chefe da AIEA, Prêmio Nobel da Paz e líder pró-democracia no Egito

Seu regresso ao Egito depois de três décadas de uma bem-sucedida trajetória profissional no serviço diplomático, primeiro, e depois na ONU, agitou a narcotizada cena política local. Prestes a completar 68 anos e com o Nobel da Paz embaixo do braço, Mohamed El Baradei, o ex-diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), representa uma alternativa verossímil para a sinistra dicotomia entre o autoritarismo de Mubarak e o fundamentalismo religioso. "Eu sozinho não posso mudar o Egito", declara esse diplomata de carreira e advogado de formação durante uma entrevista de quase duas horas a "El País", em sua casa nos arredores do Cairo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos