Exclusivo para assinantes UOL

Os êxitos da seleção espanhola desmentem o "deficit de identidade" que a sobrecarregava

Luis Gómez

  • Matt Dunham/AP

    Puyol, Sergio Ramos e Villa comemoram gol da Espanha contra a Alemanha

    Puyol, Sergio Ramos e Villa comemoram gol da Espanha contra a Alemanha

Assim que voltou da áfrica do Sul, o treinador francês, Raymond Doménech, foi obrigado a comparecer diante dos deputados para explicar sua gestão durante a Copa do Mundo de Futebol. Os conflitos internos entre os jogadores, seus desplantes e insultos, a eliminação da equipe depois de uma fraca atuação, haviam envergonhado a opinião pública francesa desde o presidente da República, Nicolas Sarkozy, até o mais humilde dos articulistas. Os fatos haviam chegado ao ponto de que a França exigia uma explicação, como se um resultado esportivo tivesse o mesmo caráter que um ato de governo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos