Exclusivo para assinantes UOL

Mosquito da febre amarela volta à Europa 50 anos depois

Emilio de Benito

Em Madri (Espanha)

  • AP

    A localização de colônia do mosquito Aedes aegypti na Holanda abre a possibilidade de transmissão, mas cientistas acreditam que o inseto morrerá no inverno

    A localização de colônia do mosquito Aedes aegypti na Holanda abre a possibilidade de transmissão, mas cientistas acreditam que o inseto morrerá no inverno

Uma colônia do mosquito Aedes aegypti encontrada na Holanda poderia ser o primeiro passo da reconquista da Europa pelo inseto que transmite a febre amarela. Ou pelo menos a prova de que a erradicação - que foi alcançada no continente há meio século, graças ao uso maciço de inseticidas como DDT e ao tratamento de charcos para eliminar essa e outras enfermidades - não foi definitiva.

UOL Cursos Online

Todos os cursos