Exclusivo para assinantes UOL

O verão com menos mortes nas estradas espanholas em 50 anos

Patricia R. Blanco

Em Madri (Espanha)

é preciso remontar a 1962 para encontrar números de acidentes nas estradas espanholas semelhantes aos deste verão. Entre 1º de julho e a meia-noite de 31 de agosto, perderam a vida em acidentes rodoviários 364 pessoas, 16 a menos que no mesmo período do ano passado, segundo expôs na quarta-feira o ministro do Interior, Alfredo Pérez Rubalcaba, ao apresentar o balanço da Operação Verão. Além disso, 1.671 pessoas ficaram gravemente feridas, contra 1.941 em 2009. Em dois meses 364 pessoas morreram, 16 a menos que em 2009. Caiu também o número de deslocamentos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos