Topo

Estrangeiros alugam terras latino-americanas para se beneficiar da riqueza do solo

Exclusivo para assinantes UOL

Alejandro Rebossio

Em Buenos Aires (Argentina)

28/12/2011 00h01

São 330 mil hectares da província argentina de Río Negro que seu governador anterior considerava improdutivos. A maior empresa de alimentos da China, a estatal Heilongjiang Beidahuang, quer transformá-los em um pomar para ga...

Mais Jornais internacionais