Exclusivo para assinantes UOL

Chineses se mobilizam contra pena de morte a morador que matou prefeito

Macarena Vidal Liy

  • Nomaan Merchant/ AP

    Jia Jingyuan, irmã de Jia Jinglong, fala com jornalistas em um restaurante de Beigaoying, na China

    Jia Jingyuan, irmã de Jia Jinglong, fala com jornalistas em um restaurante de Beigaoying, na China

Segundo explicaram vários representantes municipais quando ele abriu a porta, a Prefeitura de sua aldeia, Beigaoying, a cerca de quatro horas a sudoeste de Pequim, havia decidido desapropriar o terreno para construir um bloco de apartamentos. Apesar da resistência de Jia, sua casa, com tudo o que tinha dentro, foi transformada em uma montanha de escombros. Depois disso, foram dois anos de batalhas administrativas e jurídicas para exigir indenização, sem resultado além do rompimento com sua noiva. Finalmente decidiu fazer justiça com as próprias mãos e matou o prefeito, He Jianhua. Na semana passada, o Tribunal Supremo da China aprovou a aplicação da pena capital a Jia.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos