UOL Notícias Internacional
 

05/06/2007

Firma de Bono Vox compra 25% das ações da Palm por US$ 325 milhões

Financial Times
Paul Taylor e Daniel Pimlott
Em Nova York
A Elevation, a firma de investimentos na qual Bono Vox, o astro de rock do U2, é parceiro, fez a sua maior aquisição, pagando US$ 325 milhões por uma fatia de 25% das ações da Palm, a fabricante, com sede nos Estados Unidos, da família Treo de smartphones.

O investimento, juntamente com US$ 400 milhões relativos ao pagamento de novas dívidas, será utilizado pela Palm para financiar uma distribuição de US$ 9 por ação para os acionistas já existentes, deixando ao mesmo tempo a Palm com os recursos que, segundo Ed Colligan, diretor-executivo da companhia, são necessários para o desenvolvimento de novos produtos.

A Elevation pagará US$ 8,50 por ação, o que representa um acréscimo de 16% do valor das ações da Palm no decorrer dos dez dias de negociações acionárias encerrados na última sexta-feira.

A Palm, que enfrenta um mercado em declínio para os seus originais assistentes digitais pessoais e uma crescente concorrência no mercado de rápido crescimento de smartphones, fortaleceu o seu quadro diretor com a nomeação de três representantes da Elevation, incluindo dois veteranos da Apple. Jon Rubinstein, ex-diretor da divisão de iPod na Apple e vice-presidente de engenharia de hardware, se integrará à Palm como diretor-executivo. Fred Anderson, ex-diretor-financeiro da Apple, que é co-fundador e diretor de gerenciamento da Elevation, também fará parte do quadro diretor, assim como Roger McNamee, um dos diretores de gerenciamento da firma.

"Isto é um anúncio enorme e uma oportunidade tremenda", afirma McNamee, um investidor do Vale do Silício e co-fundador da Silver Lake Partners and Integral Capital. "Neste momento sinto-me como uma criança em uma loja de doces".

Rubinstein, Anderson e McNamee substituirão Eric Benhamou e Scott Mercer, que deixarão o quadro diretor da Palm. A nova estrutura dará à Elevation - cujo nome é uma referência a um sucesso do U2 - três dos novos cargos do quadro diretor.

Rubinstein, que saiu da Apple no ano passado, ajudou a desenvolver o iPod original em 2001 e tornou-se diretor de negócios quando aquela se tornou uma divisão separada da empresa em 2004. Ele também liderou a equipe que construiu o iMac.

A recapitalização estratégica, conjugada às nomeações, ocorre em um momento crucial para a Palm e deve acabar com as especulações a respeito do futuro imediato da empresa, incluindo boatos ouvidos neste ano segundo os quais ela seria vendida. UOL

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,68
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,44
    64.861,92
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host