Exclusivo para assinantes UOL

Polícia brasileira prende funcionários da Cisco em investigação sobre impostos

Jonathan Wheatley, em São Paulo e
Kevin Allison, em San Francisco

A polícia brasileira prendeu 40 pessoas, incluindo três executivos seniores e um ex-presidente da subsidiária brasileira da Cisco Systems, a gigante de tecnologia americana, sob a acusação de fraude fiscal e outros crimes envolvendo o não-pagamento de até R$ 1,5 bilhão (US$ 830 milhões).

UOL Cursos Online

Todos os cursos