Exclusivo para assinantes UOL

Vale sinaliza ascensão das "multilatinas"

Richard Lapper e Jonathan Wheatley

Há não muito tempo, a idéia de que empresas latino-americanas -tradicionalmente interesses de propriedade familiar, indulgentes, ou gigantes vagarosas do setor público- começariam a dominar setores globais soaria fantasiosa ao extremo. Mas é o que começou a acontecer nos últimos três anos, em setores como cimento, mineração e telecomunicações. A oferta neste ano de US$ 85 bilhões feita pela Vale, o grupo de mineração com sede no Rio de Janeiro, para aquisição de sua rival anglo-suíça, Xstrata, elevou a tendência a um novo patamar.

UOL Cursos Online

Todos os cursos