Exclusivo para assinantes UOL

A diplomacia precisa incluir o Hamas

Editorial do Financial Times

É bem possível que a carnificina da terça-feira na Faixa de Gaza, depois que Israel bombardeou três escolas assinaladas com a bandeira da Organização das Nações Unidas (ONU) que abrigavam refugiados da ofensiva contra o Hamas, seja o "momento Qana" da crise atual - como se fosse uma repetição do bombardeio de refugiados em uma base da ONU no sul do Líbano, o provocou a interrupção da campanha militar israelense de 1996 em meio aos protestos internacionais.

UOL Cursos Online

Todos os cursos