Exclusivo para assinantes UOL

Imposto modesto do Brasil sobre o capital estrangeiro é uma política sábia

Diferente da garota de Ipanema, o balançar do real não tem nenhuma graça. A paixão dos investidores estrangeiros provocou uma valorização da moeda, desde seu ponto mais baixo no primeiro trimestre, de 54,5% frente ao dólar e de 23% em termos ponderados pelo comércio - até que o governo disse "basta" e implantou um imposto de 2% sobre o investimento estrangeiro indireto.

UOL Cursos Online

Todos os cursos