Exclusivo para assinantes UOL

Um ano após ataques em Mumbai, medo de que tensão entre Paquistão e Índia retorne

Amy Kazmin

David C. Headley deixava uma forte impressão sempre que passava pela Índia a negócios. O filho de 49 anos de um diplomata paquistanês e de uma socialite americana realizou negócios com a elite e se misturou à alta sociedade em nove visitas nos últimos três anos, ostensivamente quando trabalhava como consultor de imigração. Mas agora as agências de segurança indianas estão investigando se Headley, preso no mês passado nos Estados Unidos sob suspeita de tramar um ataque terrorista em Copenhague -era na verdade um agente sofisticado que realizou o reconhecimento para o audacioso ataque terrorista contra Mumbai, há um ano.

UOL Cursos Online

Todos os cursos