Viajantes buscam formas de contornar cancelamento de voos

Robert Wright e Richard Milne

Em Londres (Reino Unido)

  • AP

    Coluna de fumaça se forma na região do vulcão localizado na geleira Eyjafjallajökull (Islândia)

    Coluna de fumaça se forma na região do vulcão localizado na geleira Eyjafjallajökull (Islândia)

As operadoras de trens e balsas estavam se desdobrando para oferecer serviços extras na sexta-feira, e muitos hotéis estavam colocando avisos de lotados, enquanto a proibição de voos por grande parte da Europa deixava muitos viajantes à procura de alternativas.

A Regus, a maior provedora mundial de espaços para escritório, disse que a sexta-feira foi o dia mais movimentado para os clientes à procura de agendamento de videoconferências. A demanda pela tecnologia em aeroportos como Gatwick e Heathrow foi particularmente alta, à medida que os executivos retidos buscavam não perder suas reuniões.

A Eurostar, a operadora do trem de alta velocidade que atravessa o Canal, disse que seus passageiros estavam fazendo reservas de Moscou, Madri e Atenas após os voos terem sido cancelados. Todas as partidas de Londres estavam lotadas.

A DFDS, uma das maiores operadoras de balsas da Europa, disse que as viagens entre Newcastle e Amsterdã nos próximos dias estavam lotadas e que recebeu consultas recordes sobre seus serviços de Copenhague para Oslo, que estão lotados até domingo.

A Deutsche Bahn da Alemanha, a maior operadora de trens do continente, alertou que a alta demanda ao longo do fim de semana provavelmente fará com que os trens fiquem lotados e sujeitos a atrasos.

Ulrich Homburg, membro do conselho para tráfego de passageiros da Deutsche Bahn, disse que a empresa não conta com planos de contingência para essa situação excepcional. “Todos os nossos recursos disponíveis estão sendo empregados com a maior urgência, visando manter mínimas as inconveniências para os passageiros”, ele disse.

Um importante especialista em cadeias de abastecimento alertou que a proibição de voos poderá levar rapidamente a escassez de alguns produtos. Apesar da maioria das frutas exóticas como bananas e produtos eletrônicos de consumo chegarem à Europa por mar, alguns produtos como flores, frutas de alto valor e verduras, assim como eletrônicos de maior circulação, dependem de transporte aéreo.

Empresas de logística como a DHL da Alemanha, que depende altamente do transporte aéreo, disseram que os serviços internacionais e domésticos foram afetados.

A Eurostar colocou em funcionamento trens extras entre Londres e Paris e entre Londres e Bruxelas para lidar com a demanda. Ela planeja fazer o mesmo no sábado, para acomodar um adicional de 50 mil passageiros além dos 115 mil já previstos para viajar entre quinta-feira e domingo.

A Network Rail, proprietária da malha ferroviária britânica, disse que cancelaria alguns trabalhos de engenharia no fim de semana para permitir o funcionamento de trens de longa distância adicionais. A Deutsche Bahn disse que fechou um acordo com a Lufthansa, a maior companhia aérea alemã, para aceitar os cupons emitidos pela companhia aérea durante a interrupção dos voos.

Os hotéis viram forte demanda em cidades como Frankfurt, onde as diárias já estavam mais caras devido a uma feira de negócios. E a Europcar e outras empresas de aluguel de carros viram um aumento da procura.

A BAA, a operadora dos aeroportos britânicos, disse que as pessoas não pagariam a mais pelo estacionamento “se puderem provar que foram afetadas”. Mas Theo Palomares, presidente-executivo da Happy Days Parking, disse que provavelmente os clientes retidos no exterior seriam cobrados. “Nós precisamos pagar nossos funcionários”, ele disse.

Entretanto, o efeito sobre a economia em geral dependerá em grande parte de quanto a interrupção durar, disse Simon Goodfellow, um estrategista de equity do banco holandês ING.

Enquanto isso, as seguradores estão se esforçando para determinar se terão ou não que realizar grandes pagamentos.

A Munich Re, a maior resseguradora do mundo, disse: “As companhias aéreas não costumam ser seguradas contra cancelamentos”.

Tradutor: George El Khouri Andolfato

UOL Cursos Online

Todos os cursos