Exclusivo para assinantes UOL

Análise: Quem ainda precisa de escrita cursiva?

Freakonomics

  • iStock

A escrita cursiva está em declínio incontestável. Cada vez menos pessoas entre nós, jovens e velhos, fazem uso de caneta e papel. Uma pesquisa de 2012 pela empresa de correspondência por cartas Docmail apontou que 1 entre 3 britânicos não tinha escrito nada substancial nos últimos seis meses.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos