Exclusivo para assinantes UOL

Após mais de três anos, iraquianos ainda não podem lutar sozinhos

Eric Rosenberg, Hearst Newspapers
Em Washington

O mantra do presidente Bush, "à medida que os iraquianos progredirem, nós recuaremos", tem uma grande falha estrutural: nos últimos dois anos, o número de batalhões iraquianos prontos para combater os rebeldes e milícias sem assistência americana na verdade diminuiu.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos