Exclusivo para assinantes UOL

Adeus aos dias de glória da Nasa

Saswato R. Das

  • Reuters/Nasa

    O astronauta norte-americano Edwin Aldrin caminha pela Lua em julho de 1969

    O astronauta norte-americano Edwin Aldrin caminha pela Lua em julho de 1969

A terceirização atingirá duramente a Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço (Nasa) dos Estados Unidos em breve, se as coisas acontecerem como deseja o presidente Obama. O novo orçamento da Nasa, apresentado neste mês, pede para que a agência espacial americana terceirize o desenvolvimento de foguetes para os voos espaciais tripulados –historicamente a força da Nasa– para empresas comerciais. Se o Congresso aprovar, os astronautas da Nasa ficarão limitados a tomar táxis especiais comerciais –um estado das coisas lamentável para a organização que venceu a corrida à Lua.

UOL Cursos Online

Todos os cursos