Exclusivo para assinantes UOL

Filipinas tem história política de esperanças e decepções

Miguel Syjuco

  • Bullit Marquez/AP

    O candidato presidencial Benigno Aquino III é saudado por simpatizantes e correligionários durante chegada à zona eleitoral em Hacienda Luisita, província de Tarlac, no norte das Filipinas

    O candidato presidencial Benigno Aquino III é saudado por simpatizantes e correligionários durante chegada à zona eleitoral em Hacienda Luisita, província de Tarlac, no norte das Filipinas

Antigamente, tudo fazia sentido, Ferdinand Marcos era maligno, Benigno Aquino era bom. A pobreza foi provocada pelo ditador e pela sua Borboleta de Ferro, Imelda. A nação de progresso mais rápido na região transformou-se no “indivíduo doente da ásia” devido apenas ao fato de não contar com democracia. Não existe desculpa melhor para os problemas de um país do que um déspota no poder.

UOL Cursos Online

Todos os cursos