Exclusivo para assinantes UOL

Seguindo em frente no Afeganistão

Anders Fogh Rasmussen

  • Ahmad Masood /Reuters

    O general David Petraeus assume o comando das tropas internacionais no Afeganistão em cerimônia em Cabul

    O general David Petraeus assume o comando das tropas internacionais no Afeganistão em cerimônia em Cabul

Nesta terça-feira (20), uma conferência internacional sobre o Afeganistão, em Cabul, reunirá mais de 70 países, organizações internacionais e regionais e instituições financeiras para que eles apoiem um plano para o desenvolvimento, a governança e a estabilidade do país. A reunião resultará em um nítido avanço da transição rumo à estabilidade e a autonomia afegã. Em suma, ela será um marco no processo por meio do qual os afegãos estão finalmente tornando-se os donos do seu próprio país. Este novo impulso político não ocorreu por acidente. Ele é o resultado de um esforço contínuo, tanto dos afegãos quanto da comunidade internacional, no sentido de proporcionar a este país uma nova oportunidade para que ele se reorganize. Após a tragédia de 11 de setembro de 2001, a indiferença em relação ao Afeganistão passou a ser inadmissível para nós. A intervenção passou a ser a nossa única opção. Deixar o Afeganistão à própria sorte teria significado mais instabilidade naquele país, e mais ataques terroristas pelo mundo afora.

UOL Cursos Online

Todos os cursos