Exclusivo para assinantes UOL

Cazaquistão vive dias tensos neste final de ano

William Courtney

  • Arte UOL

Esta é uma temporada de feriados de fim de ano da qual o povo do Cazaquistão vai demorar a esquecer. No dia 16 de dezembro, soldados na cidade de Zhanaozen, no oeste do país, mataram ou feriram centenas de manifestantes desarmados, em sua maioria trabalhadores da indústria petrolífera em greve, que ocupavam uma praça pública. As autoridades alegam que apenas 15 pessoas morreram, mas relatos de moradores legais – impossíveis de serem confirmados – dizem que esse número foi muito maior. Um vídeo chocante colocado no YouTube – e que foi censurado no Cazaquistão – mostra a polícia atirando contra civis em fuga.

UOL Cursos Online

Todos os cursos