Exclusivo para assinantes UOL

Hotéis "livres de crianças" ganham espaço no turismo mundial

Sara Sans

  • Getty Images

    Crianças? Não, obrigado. A oferta turística pensada para o descanso e o lazer de adultos está em alta.

    Crianças? Não, obrigado. A oferta turística pensada para o descanso e o lazer de adultos está em alta.

Não têm berços, nem camas extras. Nem cadeirões. A piscina fica aberta 24 horas por dia num terraço com restaurante e espreguiçadeiras. Só se ouve uma agradável música de fundo. Nenhuma criança perambulando no meio da manhã. Simplesmente porque não tem nenhuma. Ninguém diria que este hotel de quatro estrelas fica em Salou. Aberto há cinco anos, foi um dos primeiros estabelecimentos da Espanha a não admitir crianças. E está lotado. A oferta de hotéis pensados só para o descanso e o lazer de adultos está em alta. Eles estão também em Benirodn, em Maiorca e nos destinos mais remotos. O rótulo “sem crianças” se estende sem complexos da Tailândia a Punta Cana. Dos Alpes a Cuba.

UOL Cursos Online

Todos os cursos