Exclusivo para assinantes UOL

Um pequeno pedaço da Bélgica deixa o país à beira da implosão

Jean Pierre Stroobants

  • Yves Logghe/AP

    O primeiro-ministro da Bélgica, Yves Leterme, apresentou a renúncia após racha em sua coalizão

    O primeiro-ministro da Bélgica, Yves Leterme, apresentou a renúncia após racha em sua coalizão

Um novo período de crise e de incerteza começou na última quinta-feira, 22 de abril, na Bélgica, depois da demissão do governo de coalizão dirigido pelo cristão-democrata flamengo Yves Leterme. Foi mais uma vez o dossiê institucional que causou a queda do gabinete, cujo comando Leterme havia retomado em novembro de 2009.

UOL Cursos Online

Todos os cursos