Exclusivo para assinantes UOL

Em Cuba, uma esperança para os prisioneiros políticos

  • Rolando Pujol/EFE

    As "Damas de Branco" - esposas e familiares dos 75 dissidentes presos em Cuba - tomam as <br> ruas de Havana em março deste ano para lembrar os sete anos das detenções no país

    As "Damas de Branco" - esposas e familiares dos 75 dissidentes presos em Cuba - tomam as <br> ruas de Havana em março deste ano para lembrar os sete anos das detenções no país

A Cuba de Raúl Castro não é a mesma de seu irmão, o “Comandante Fidel”. O que até agora não passava de uma vaga impressão, vem se confirmando. Cuba está mudando - um pouco. A mudança é modesta, certamente frágil, mas inegável.

UOL Cursos Online

Todos os cursos