Exclusivo para assinantes UOL

Autoridades chinesas pecam pelo silêncio em caso de vazamento de petróleo

Brice Pedroletti

Enviado especial a Dalian (China)

  • Reuters

    Homem limpa petróleo que vazou na região do porto de Dalian, na China, após a explosão de oleoduto

    Homem limpa petróleo que vazou na região do porto de Dalian, na China, após a explosão de oleoduto

Com as roupas manchadas de preto, o rosto e os cabelos brilhantes de óleo, e as mãos nuas cobertas por uma espessa camada viscosa, os pescadores de Jinshatan parecem mineradores subterrâneos nesses tempos funestos de maré negra: desde a explosão, no dia 16 de julho, de um oleoduto em uma zona industrial vizinha, a cerca de 50 quilômetros de Dalian, no norte da China, o pequeno porto pesqueiro foi transformado em zona de estocagem, e milhares de latas se enfileiram no cais.

UOL Cursos Online

Todos os cursos