Exclusivo para assinantes UOL

O México esteriliza as 'moscas devoradoras de homens' para ajudar a erradicá-las

Frédéric Saliba
Enviado especial a Tuxtla Gutiérrez (México)

é nu dos pés à cabeça que se entra na impressionante criação de moscas varejeiras, ou “moscas assassinas”, como são chamadas pelos camponeses no sul do México. “Para eliminar essa perigosa espécie, não se pode deixar escapar insetos ou larvas férteis”, diz o chefe de produção, Arturo Martinez y Tapia, para justificar essas medidas de proteção.

UOL Cursos Online

Todos os cursos