Topo

Relatório da Human Rights Watch defende a proibição total dos "robôs assassinos"

O drone americano X-47B, que efetua decolagens e aterrissagens em porta-aviões - Rich-Joseph Facun /Reuters
O drone americano X-47B, que efetua decolagens e aterrissagens em porta-aviões Imagem: Rich-Joseph Facun /Reuters
Exclusivo para assinantes UOL

10/04/2015 00h02

A ONG Human Rights Watch (HRW), sediada em Nova York, publicou na quinta-feira um relatório sobre as armas inteiramente autônomas, ou “robôs assassinos”, antecipando a reunião multilateral sobre os “Sistemas...

Mais Jornais internacionais