Exclusivo para assinantes UOL

Egito descamba para uma repressão à la Pinochet

  • Lobna Tarek/AP

    27.mar.2014 - Forças de segurança egípcias entram em confronto com estudantes da Universidade Ain Shams, no Cairo. Os universitários protestavam contra o então ministro da Defesa, Abdel Fattah al-Sissi, atual presidente do Egito

    27.mar.2014 - Forças de segurança egípcias entram em confronto com estudantes da Universidade Ain Shams, no Cairo. Os universitários protestavam contra o então ministro da Defesa, Abdel Fattah al-Sissi, atual presidente do Egito

Aconteceu no Cairo, no dia 25 de janeiro, cinco anos exatos após o início das manifestações da praça Tahrir que provocaram a queda do regime de Hosni Mubarak. O estudante italiano Giulio Regeni, 28, que preparava uma tese sobre os movimentos sindicais egípcios, saiu pelas ruas da cidade, esquadrinhada por uma polícia que perseguia qualquer manifestante em potencial. Ele nunca mais foi visto com vida.

UOL Cursos Online

Todos os cursos