PUBLICIDADE
Topo

Análise: A fria retomada do diálogo entre a Otan e a Rússia

Moradora passa muro com grafite do presidente russo, Vladimir Putin, em Simferopol, na Crimeia - Pavel Rebrov/Reuters
Moradora passa muro com grafite do presidente russo, Vladimir Putin, em Simferopol, na Crimeia Imagem: Pavel Rebrov/Reuters
Exclusivo para assinantes UOL

Jean Pierre Stroobants e Isabelle Mandraud

26/04/2016 00h01

Diálogo havia sido interrompido devido à anexação da Crimeia por parte de Moscou e ao conflito ucraniano

Pouco determinante, mas muito simbólica, a reunião do Conselho Otan-Rússia no...