UOL Notícias Internacional
 

05/09/2004

Novo modelo SL da mercedes ganha "músculos"

The New York Times
Keith Martin

Em Nova York
Cinqüenta anos atrás, a Mercedes-Benz deu à luz seu primeiro bebê SL, que parecia uma versão em escala reduzida de seu maravilhoso carro esportivo 300SL. Embora a semelhança seja notável e o preço atraente, os entusiastas consideraram o pequeno 190SL um carro inofensivo e fraco.

De 1963 a 1967 a Mercedes produziu um único modelo SL, que evoluiu do pequeno 230SL para os portentosos carros das celebridades dos anos 90. Mas com o início dos SLK230 Kompressor, em 1998, a companhia retomou a prática de oferecer uma versão menor de seu carro-chefe.

O SLK era relativamente enérgico, graças a seu motor sobrecarregado, e sua capota rígida conversível o distinguia, mas seu estilo era bastante dócil. Raramente ele era confundido com um carro esportivo sério.

Sua substituição, o SLK350, que começa a ser comercializado este mês, é outra história. Ele tem uma aparência muito agressiva e atraente, com detalhes de desenho que lembram o super Mercedes-Benz SLR McLaren de US$ 450 mil. As linhas do novo SLK se inclinam para cima da frente para trás, lembrando um pouco o Lotus Elan do início dos anos 90, que teve vida curta. O carro também tem capota rígida retrátil, que oferece a opção entre o ar livre e uma cabine fechada à prova de intempérie.

O novo motor V-6 de 3.5 litros tem quatro válvulas por cilindro e eixo de comando duplo suspenso, em contraste com o V-6 do modelo 2004, que tem três válvulas e comando único. A potência é de 268 cavalos (contra 215 no último SLK V6320).

Uma caixa de seis marchas manual é padrão, com a opção de automática e sete marchas. A Mercedes considera seus principais concorrentes o Audi TT, o Z4 e o Porsche Boxster S, e afirma ter uma aceleração de 0 a 60 milhas mais rápida que qualquer dos outros: 5,6 segundos.

Apesar do desempenho melhorado, o preço básico é apenas US$ 450 superior ao do modelo V-6 anterior (não serão oferecidos modelos de quatro cilindros nos Estados Unidos), mas alguns equipamentos que eram padrão, como assentos eletrônicos, agora são opcionais.

Eu dirigi o SLK350 em estradas sinuosas pela garganta do Columbia no Oregon, em auto-estradas e na pista de corridas internacionais de Portland. Na estrada é um vencedor, melhor que o SLK anterior. A dirigibilidade é previsível, com pouca inclinação da carroceria nas curvas, e mesmo com a suspensão esportiva opcional o trajeto foi confortável.

A transmissão automática de sete velocidades foi maravilhosa, sempre encontrando a marcha certa e mudando rapidamente, e o novo câmbio manual é muito superior ao oferecido anteriormente. Minha única queixa é que as relações são espaçadas demais, fazendo a velocidade do motor cair de seu giro ideal nas mudanças de marchas.

O interior é bem projetado, com instrumentos simples e eficazes que lembram os clássicos MGB e Alfa Romeo Duetto dos anos 60. Os porta-copos são bons para um carro alemão, o que significa que são medíocres pelos padrões americanos ou japoneses. Eles se projetam do painel acima do sistema de navegação, fazendo o ar-condicionado esfriar sua bebida quente.

A Mercedes fez um trabalho melhor posicionando uma nova opção que chama de "air scarf" [cachecol de ar], um sistema de aquecimento embutido nos bancos que sopra ar quente na sua nuca. Por estranho que pareça, ele foi eficaz nas manhãs frias quando a capota estava abaixada.

Enquanto o atual SLK tem uma reputação de carro esportivo para aqueles que não sabem muito bem o que é um carro esportivo - o termo comumente usado, mas desprestigioso, é "carro chique" - o novo SLK350 pode ser considerado equivalente ao Audi TT, ao BMW Z4 e ao Porsche Boxster em desempenho e aparência. Mas a capota rígida retrátil lhe dá uma vantagem sobre os concorrentes. Produzido há décadas, carro veterano continua fazendo sucesso Luiz Roberto Mendes Gonçalves

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h10

    0,28
    3,191
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h14

    0,80
    65.195,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host