UOL Notícias Internacional
 

27/01/2005

Descarrilamento mata ao menos 10 na Califórnia

The New York Times
Maria Newman

Em Los Angeles
Pelo menos 10 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas, depois que um trem de passageiros atingiu um carro que estava parado nos trilhos, e que tinha sido estacionado ali por um suicida, perto de Los Angeles. Segundo as autoridades locais, após o choque o trem descarrilhou e depois ainda atingiu outra composição com vagões de passageiros.

O chefe de polícia da cidade de Glendale, Randy Adams, em entrevista aos repórteres disse que o motorista do carro aparentemente mudou de idéia quanto ao suicídio - antes da colisão se afastou de seu veículo, um esportivo utilitário.

Adams identificou o suspeito como Juan Manuel Alvarez,de 26 anos, da cidade de Compton, um homem que já teria tentado o suicídio anteriormente. Alvarez foi detido nas proximidades, e será indiciado por homicídio, segundo o chefe da polícia de Glendale.

"Todo esse incidente foi iniciado por um indivíduo perturbado, com intenções suicidas", declarou Adams aos repórteres na cena da colisão, que aconteceu de manhã nessa quarta-feira (26/01), em Glendale, ao norte de Los Angeles.

Vagões se incendiaram, e mais de 300 bombeiros intervieram. O tráfego ficou engarrafado por quilômetros. Algumas das pessoas envolvidas na operação de resgate reagiram com raiva, quando souberam que a colisão tinha sido causada pelo desejo de um suicida que mudou de idéia quanto a acabar com a própria vida.

"Isso é completamente ultrajante", disse Lee Baca, o xerife do condado de Los Angeles.

Entre os mortos estava um assessor do xerife, identificado por várias agências de notícias como James Tutino, veterano com 23 anos de serviços prestados à polícia. Bombeiros e funcionários envolvidos no resgate continuavam a escavar os escombros, e acredita-se que o número de vítimas poderá ser maior. Os passageiros feridos foram removidos dos dois trens da companhia Metrolink para um centro de triagem instalado num estacionamento vizinho. Há mais de 100 vítimas internadas.

"Quero enfatizar que o número de vítimas ainda é parcial", havia declarado antes numa entrevista o diretor do Corpo de Bombeiros de Los Angeles, William Bamattre.

Após a colisão com o automóvel do suicida arrependido, o trem atingiu outra composição da Metrolink que seguia em sentido norte, causando o descarrilamento de ambos os trens, disseram as autoridades. Um dos trens aparentemente também atingiu um vagão de carga, que estava estacionado e depois saiu dos trilhos. Segundo autoridades, o Conselho Nacional de Segurança nos Transportes está enviando investigadores ao local do acidente. Não se sabe ainda quantos passageiros estavam a bordo.

Alguns dos vagões capotaram, e um dos trens foi totalmente incendiado. Cenas registradas pelas equipes de televisão mostraram densa fumaça saindo dos escombros, enquanto caía uma chuva fina. Os bombeiros usaram escadas para penetrar pelas janelas dos vagões capotados.

"Eu ouvi um barulho, que foi ficando cada vez mais alto", disse à agência Associated Press uma passageira, Diane Brady, de 56 anos, moradora em Simi Valley. "Logo depois vi que o trem se inclinou. Todo mundo começou a gritar, e eu alcancei e segurei uma barra metálica, para tentar me salvar. Eu me segurei ali por um tempo que pareceu durar uma semana e meia. Foi um pesadelo completo".

George Touma,um rapaz de 19 anos da cidade de Burbank, esteve no local do acidente à procura da mãe, que era uma das passageiras dos trens da Metrolink e que havia chamado o filho pelo telefone celular.

"Ela me disse que estava sangrando na cabeça, e que o braço doía muito", disse Touma a um repórter da Associated Press. "Estou muito preocupado, porque ela sofre de vertigem, e quando liguei de volta para ela não houve resposta".

O rapaz disse que a mãe dele disse ter ouvido "uma seqüência de estrondos, e logo depois alguém a arrancou para fora do trem que estava em chamas".

O serviço de trens urbanos Metrolink começou a funcionar em 1992, para descongestionar o transito e melhorar a qualidade do ar na vasta região metropolitana de Los Angeles. Cerca de cem pessoas se feriram no acidente, causado por suicida Marcelo Godoy

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host