UOL Notícias Internacional
 

10/02/2005

Site transforma todo mundo em repórter

The New York Times
Aaron Weiss
The New York Times
Ao ler este artigo, talvez você encontre um erro factual, uma falha gramatical de causar arrepios ou considere o texto parcial. Mas agora a tinta já secou; só o que você tem a fazer é enviar uma mensagem ou carta de reclamação.

No entanto, se este artigo tivesse sido publicado no Wikinews, um site inaugurado recentemente, você teria mais uma possibilidade: mudá-lo, consertá-lo, expandi-lo ou deletá-lo.

O Wikinews (www.wikinews.org) é um site de notícias voluntárias, a mais recente iniciativa em uma série de Wikis, sob o teto da Wikimedia, que promove recursos de informação abertos e gratuitos.

O maior projeto Wiki, a Wikipedia, está online há quatro anos e contém mais de 450.000 artigos, todos escritos e passíveis de revisão por seus mais de 150.000 usuários. Por comparação, o Wikinews é um recém nascido, tendo aberto suas portas aos interessados em escrever notícias em dezembro.

A característica central do Wikinews é o compromisso com a neutralidade, disse Jimmy Wales, fundador da Wikipedia e presidente da organização sem fins lucrativos Wikimedia Foundation. Em uma comunidade que, em grande parte, estabelece seus próprios padrões, a política de Wales de cultivar um ponto de vista neutro pode se tornar seu princípio mais importante.

Ilya Haykinson, engenheiro de software de Los Angeles que colaborou com vários artigos para o Wikinews, disse que essa política diferenciava o Wiki de alguns outros projetos de jornalismo desenvolvido por cidadãos, como o Indymedia (www.indymedia.org), o OhmyNews da Coréia do Sul (english.ohmynews.com) e blogs de notícias.

A principal arma do site para manter a imparcialidade é a transparência. Inspirada, em parte, pelo sucesso de desenvolvimento de softwares de fonte aberta, o processo de escrever é completamente público. Qualquer um, em qualquer momento, pode compor um novo artigo para o Wikinews, editar um existente ou ver um inventário de todas as mudanças anteriores.

Haykinson, por exemplo, escreveu um artigo no dia 11 de dezembro sobre a possibilidade de um Prêmio Nobel da Paz para Wangari Maathai, um ativista ambiental do Quênia. Desde então, mais de cinco pessoas colaboraram com revisões. Uma delas, escrita cerca de duas semanas após o original, foi submetida por um usuário identificado apenas por seu endereço de protocolo de Internet. (A inscrição é opcional). Há uma anotação indicando que removeu uma opinião contra o governo queniano e pró-ambiente.

Para os criadores de Wikinews, a evolução do conteúdo é tanto uma de suas forças quanto um de seus desafios. A Wikipedia, um projeto maior e mais maduro, é citada frequentemente pelos usuários Wiki como exemplo de como o consenso pode evoluir para a verdade. Os artigos do Wikinews, porém, não têm o mesmo espaço de tempo.

Larry Sanger, professor de filosofia da Universidade Estadual de Ohio, que estava envolvido na criação da Wikipedia mas não é afiliado ao Wikinews, sugeriu que o sistema Wiki funcionava bem para conteúdo enciclopédico, porque sua validade era ilimitada. "Mas em um noticiário, há necessariamente prazos, porque a notícia muda todos os dias", disse ele.

A necessidade de atualização também poderá afetar o incentivo para contribuições voluntárias. Esta é uma preocupação de Erik Moeller, jornalista de tecnologia de Berlim que formulou a proposta do Wikinews original. "Os artigos do Wikinews têm vida curta, então a sensação de contribuição fica reduzida em relação a uma base de conhecimento que durará uma vida", disse ele.

O que os colaboradores gostam é de ajudar a criar uma comunidade auto-organizada, que ainda está lidando com questões significativas de sua estrutura. Algumas vezes, as notícias têm uma série de desdobramentos -por exemplo, o envenenamento por dioxina do líder ucraniano Viktor A. Yushchenko. A comunidade do Wikinews está debatendo se os novos fatos devem ser inseridos em um artigo atualizado, como em uma enciclopédia, ou publicados em série, como seriam em um jornal.

O projeto também tem como alvo incluir reportagens originais, como no artigo "Inquietação em Belize", escrito pelo usuário belizenho com base em sua observação dos protestos recentes em sua terra. O item foi o primeiro furo de redação do site, aparecendo no Wikinews 12 horas antes de ser divulgado pelos serviços de notícias, disse Wales.

Acima de tudo, a questão central do Wikinews é a credibilidade. "Fazer um jornal é difícil. Se uma pessoa quer criar um jornal, mas não sabe como, não resolve o problema reunindo um monte de outras pessoas que também não sabem como", disse Robert McHenry, ex-editor da Enciclopédia Britânica.

McHenry duvidou da capacidade do Wikinews de fornecer um ponto de vista neutro. "A ingenuidade é impressionante", disse ele.

Apesar dos obstáculos, a comunidade do Wikinews produziu mais de 500 artigos nos primeiros dois meses. Um colaborador, Lennart Regebro, consultor em Paris, disse que foi atraído pela oportunidade de dar notícias online. Outro, Seth Matheson, estudante da faculdade de St. Mary, em Maryland, e editor do jornal da escola, disse que estava interessado em reunir fontes diversas de notícias. E Wiki Wickramarathna, fotógrafo freelance e jornalista do Sri Lanka, viu uma oportunidade de fazer reportagens dos eventos recentes em seu país.

Por fim, esses colaboradores e outros como eles definirão o futuro do Wikinews, que é exatamente o que Wales quer. Wikinews permite que artigos sejam editados por qualquer um Deborah Weinberg

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host