UOL Notícias Internacional
 

18/05/2005

"Star Wars" gera expectativa sobre novo recorde

The New York Times
David M. Halbinger

Em Los Angeles
"Star Wars: Episódio 3 - A Vingança do Sith" estréia nos EUA após meia noite desta quarta-feira (18/05) e em todo o mundo no curso de alguns dias. Com a aproximação da data, os executivos da 20th Century Fox estão recebendo relatórios de vendas recordes.

O AMC Empire, com 25 salas na rua 42 em Manhattan, já esgotou os ingressos para as sessões de 0h01, 0h30, 0h50, 1h10 e 1h45.

Em Nova York, Chicago, Los Angeles, Boston, Washington, Seattle e San Francisco, os cinemas estão acrescentando sessões no meio da noite, diante da velocidade da venda de ingressos.

Bruce Snyder, diretor de distribuição do estúdio, estava fora de si enquanto enumerava uma lista de cadeias nacionais de cinemas e suas percentagens de ingressos vendidos em todo o país para as sessões de meia noite: "Até o domingo, os cinemas da AMC já tinham vendido 74%; Century, 85%; Regal, 83%; Loews, 77%".

E assim continuou, antes de acrescentar: "Estou nesse ramo há muito tempo. Não me lembro de ter visto nada igual, quatro dias antes de uma sessão coruja na quarta-feira à noite. Não estamos exatamente no verão."

Mas o verão, aparentemente, chegou algumas semanas mais cedo, e não foi cedo demais.

A indústria do cinema sofreu na primavera com a falta de grandes sucessos. Apenas "Hitch", uma comédia romântica que estreou poucos dias antes do Dia dos Namorados (que, nos EUA, é em fevereiro), ultrapassou a marca de US$ 40 milhões (cerca de R$ 100 milhões) em seu final de semana de estréia.

No total, neste ano, as bilheterias estão 8% menores do que o mesmo período em 2004, e as arrecadações de finais de semana têm sido menores do que as do ano passado há 12 semanas seguidas. Mesmo se excluirmos o ano passado, que teve a "Paixão de Cristo" no final de fevereiro, o público deste ano está 7% menor do que em 2003, de acordo com o Exhibitor Relations, que acompanha os resultados de bilheteria.

A LucasFilm deve colher a maior parte dos louros do sucesso da "A Vingança do Sith", e a Fox receberá uma taxa relativamente baixa por sua distribuição. Mesmo assim, os competidores estão torcendo pelo filme nesta semana.

"O setor de cinema é contagioso", disse Tom Sherak, sócio da Revolution Studios. "Ou seja, se você vai ver um filme e gosta, é provável que continue indo ao cinema. Isso movimenta a indústria. Quando caímos em um marasmo, é porque os filmes sendo apresentados não têm boa recepção do público. E, no último mês, não tivemos muitos filmes com boa recepção e propaganda boca a boca."

O "Episódio 3", o sexto de um ciclo de filmes de "Star Wars" de 28 anos, parece ter grandes chances de tirar o título do "Homem Aranha" da Sony Pictures como o filme de maior noite de estréia da história.

O "Homem Aranha" arrecadou US$ 114,8 milhões (em torno de R$ 290 milhões) em três dias, quando estreou em maio de 2002. Depois de um recorde de final de semana, arrecadou US$ 403,7 milhões (aproximadamente R$ 1 bilhão) nas bilheterias, menos do que o primeiro lugar "Titanic", que arrecadou US$ 601 milhões (em torno de R$ 1,5 bilhão), em 1997.

Os dados não parecem levar em conta a inflação ou as imprecisões dos dados na época de filmes como "E o Vento Levou" ou "A Noviça Rebelde".

Na terça-feira, Snyder, da Fox, estava sentindo o peso da história e das expectativas. "Estão depositando todos os males da indústria sobre esse filme", lamentou.

"Acho que é uma carga muito grande para se colocar nos ombros de um filme", disse ele. "Mas se há um filme que pode lidar com isso, é 'Star Wars'."

De fato, as duas maiores empresas que vendem ingressos na Internet, Fandango e Movietickets.com, disseram que estavam prestes a quebrar seus recordes de vendas adiantadas, estabelecido pelo "Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei", em 2003.

O filme arrecadou US$ 72,6 milhões (cerca de R$ 181 milhões) em seu final de semana de estréia e ultrapassou US$ 337 milhões (aproximadamente R$ 842 milhões) nas bilheterias.

"Estamos vendendo dois ingressos por segundo, e acreditamos que esse ritmo vai se quadruplicar até o final da semana", disse Harry Medved, porta-voz do Fandango que diz cobrir 70% dos cinemas do país que oferecem vendas na Internet.

"Estimamos que venderemos 3 milhões de ingressos para o 'Sith'", comparados com 2 milhões para o "Senhor dos Anéis", disse ele.

No Movietickets.com, enquanto isso, um porta-voz disse que o novo "Star Wars" foi responsável por 98% de todos os ingressos vendidos na segunda-feira.

"A Vingança do Sith", nesse ritmo, vai vender mais de 5 milhões de ingressos online, o que já dá uma arrecadação de quase US$ 50 milhões (aproximadamente R$ 125 milhões).

O grande final de "Star Wars" terá o campo livre neste final de semana. As próximas estréias serão "Madagascar", um filme de animação da DreamWorks e "The Longest Yard", da Paramount, no dia 27.

Os estúdios rivais estimam que o "Sith" poderá ter um final de semana de quatro dias, arrecadando US$ 120 milhões até US$ 150 milhões ou mais (entre R$ 300 milhões e R$ 375 milhões).

Outros, porém, disseram que estrear um dia antes pode diminuir as vendas de final de semana, possivelmente deixando intacto o recorde do "Homem Aranha".

"Todo mundo acha que, se não estreassem na quinta-feira, teriam ultrapassado o 'Homem Aranha'. Isso pode ter esvaziado seus pneus um pouco", disse um executivo da Sony, que insistiu no anonimato pois sua empresa proíbe comentários sobre filmes dos competidores.

Também podem estar atrapalhando o capítulo final de "Star Wars" sua longa duração, de 142 minutos, e uma certa reação política. Isso aconteceu principalmente nos sites da Web conservadores, que estavam reagindo às pontadas políticas do filme no presidente Bush e à guerra no Iraque, como quando Anakin Skywalker, depois de se voltar para o lado negro, adverte que, "se você não está comigo, você é meu inimigo".

Mas os executivos da LucasFilm e Fox disseram que não estavam preocupados.

"Ninguém liga", disse Snyder. "É republicano? É democrata? Ninguém se importa. É diversão." Filme pode bater marcas de "Homem-Aranha" e "O Retorno do Rei" Deborah Weinberg

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host