UOL Notícias Internacional
 

15/07/2005

Duas novas séries da ABC sob os holofotes do Emmy

The New York Times
Jacques Steinberg
Duas novas séries que ajudaram a tirar a ABC da decadência no horário nobre nesta última temporada ficaram entre os programas com mais indicações ao 57º Prêmio Emmy, divulgadas na quinta-feira (14/7) pela manhã em Los Angeles. As séries foram a comédia suburbana de culpa e prazer chamada "Desperate Housewives" e "Lost", um drama misterioso, que se passa depois de um acidente de avião.

"Desperate Housewives" teve 15 indicações, inclusive de melhor série cômica. Três de suas estrelas foram indicadas para a categoria de melhor atriz: Marcia Cross, Teri Hatcher e Felicity Huffman. (Ficaram de fora Eva Longoria e Nicollette Sheridan.) "Lost" recebeu 12 indicações, inclusive de melhor série dramática e duas para melhor coadjuvante, para Naveen Andrews e Terry O'Quinn.

"Will & Grace" empatou com "Desperate Housewives" como a série cômica mais reconhecida, com 15 indicações. A série da NBC, que já está no ar há um bom tempo, sofreu uma queda de popularidade nesta última temporada, mas foi indicada para melhor série cômica e para melhor ator principal (Eric McCormack) e atriz coadjuvante (Megan Mullally).

"Everybody Loves Raymond", que terminou sua nona temporada em maio, conseguiu 13 indicações, inclusive de melhor comédia. Seus cinco principais atores também foram indicados: Ray Romano (ator principal), Patricia Heaton (atriz principal), Doris Roberts (atriz coadjuvante), Brad Garrett e Peter Boyle (atores coadjuvantes).

Mesmo sem contar com o favorito "The Sopranos" nesta temporada, a HBO chamou a atenção com vários filmes feitos para a televisão, inclusive "Life and Death of Peter Sellers" e "Warm Springs", sobre Franklin D. e Eleanor Roosevelt. Cada um recebeu 16 indicações, tanto na categoria de melhor filme feito para a televisão quanto pela atuação de seus principais atores (Kenneth Branagh como Roosevelt, Geoffrey Rush como Sellers). Cynthia Nixon, que fez o papel de Eleanor Roosevelt, foi indicada como melhor atriz principal em um filme ou minissérie. "Lackawanna Blues", filme da HBO sobre a vida dos negros antes do fim da segregação em uma comunidade do Estado de Nova York, recebeu sete indicações.

O total dos resultados por rede mostra que a HBO, líder em indicações no ano passado, com 124, repetiu o feito neste ano, apesar de ter um total menor: 93. (Grande parte da diferença pode ser atribuída à ausência do "The Sopranos", que teve 20 indicações no ano passado). Em segundo lugar neste ano veio a CBS, com 59 indicações, 15 a mais que o ano passado. Depois veio a NBC, com 54, uma queda de 11; ABC, com 51, um aumento de 18; e Fox, com 49, um aumento de 18.

O principal rival da HBO na televisão a cabo especial, Showtime, recebeu 17 indicações, uma a menos que no ano passado. Sete delas foram para a série "Huff", em que Hank Azaria faz o papel de um psiquiatra lidando com o suicídio de um jovem paciente.

A PBS foi homenageada 23 vezes. Entre seus programas, foram indicados "Antiques Roadshow" (como melhor programa de realidade) e "Unforgivable Blackness: The Rise and Fall of Jack Johnson" (especial de não ficção).

Os vencedores do Emmy deste ano, selecionados pela Academia de Artes e Ciências da Televisão, serão anunciados no dia 18 de setembro, em Los Angeles.

Além de "Lost", foram indicadas para a categoria de melhor série dramática "Deadwood" (HBO), "Six Feet Under" (HBO), "24" (Fox) e "The West Wing" (NBC).

Junto com "Desperate Housewives", "Raymond" e "Will & Grace", foram indicadas como melhores comédias "Arrested Development" (Fox) e "Scrubs" (NBC).

Mostrando que a indústria da televisão aprova a forma que "Will & Grace" usou para manter-se renovada - apresentando convidados de alto perfil - a série também capturou quatro de cinco indicações para melhor ator em série cômica. As atuações citadas foram de Alec Baldwin, Jeff Goldblum, Victor Garber e Bobby Cannavale. (O quinto nomeado na categoria foi Fred Willard, em "Raymond").

Além das estrelas de "Desperate Housewives" e Heaton de "Raymond", a outra indicada para melhor atriz em série cômica foi Jane Kaczmarek, de "Malcolm in the Middle" (Fox).

Segundo analistas, esta é a primeira vez que há uma indicação tripla à categoria de melhor atriz cômica -para as donas de casa de Wisteria Lane - desde que Bea Arthur, Rue McClanahan e Betty White foram indicadas por "The Golden Girls" (NBC) em 1986, 1987, 1988 e 1989.

Além de Romano e McCormack, foram indicados para a categoria de melhor ator principal em série cômica Jason Bateman de "Arrested Development" (Fox), Tony Shalhoub de "Monk" (USA) e Zach Braff, de "Scrubbs" (NBC).

Para melhor ator em série dramática, os indicados foram James Spader, de "Boston Legal" (Fox), Ian McShane de "Deadwood" (HBO), Hugh Laurie de "House" (Fox), Azaria de "Huff" e Kiefer Sutherland de "24" (Fox).

Para melhor atriz em série dramática, as indicadas foram Jennifer Garner, de "Alias" (ABC), Mariska Hargitay, de "Law & Order: Special Victims Unit" (NBC), Patricia Arquette, de "Médium" (NBC), Glenn Close, em "The Shield" (FX), e Frances Conroy, em "Six Feet Under" (HBO). Na categoria de programa de realidade-competição, os cinco concorrentes são: "The Amazing Race" (CBS), "American Idol" (Fox), "The Apprentice" (NBC), "Project Runway" (Bravo) e "Survivor" (CBS).

Depois de um ano de eleição presidencial, que deu popularidade aos falsos noticiários, o "Daily Show with Jon Stewart" (Comedy Central) recebeu quatro indicações, duas vezes mais do que no ano passado, inclusive por melhor desempenho individual em um programa de variedades (para Stewart) e melhor série de variedade, música ou comédia.

Outros guerreiros da noite indicados foram: "Late Show With David Letterman" (cinco, inclusive de "melhor série de variedade, música ou comédia"), "Late Night With Conan O'Brien" (três, inclusive uma na categoria de variedade) e "The Tonight Show With Jay Leno" (uma para Leno, por melhor desempenho individual).

Como sempre, a academia homenageou especificamente a atuação de atores veteranos, muitos famosos por seu trabalho no cinema ou no teatro. As atrize s citadas neste ano em várias categorias incluíram: Halle Berry (por seu papel principal no filme da ABC "Their Eyes Were Watching God"), Stockard Channing (por seu papel coadjuvante em "The West Wing"), Tyne Daly (por seu papel coadjuvante em "Judging Amy", da CBS), Blythe Danner (por seu papel principal em "Back When We Were Grownups", da CBS), Charlize Theron (por seu papel em "Peter Sellers") e Debra Winger (por seu papel principal em "Dawn Anna", da Lifetime).

Os atores conhecidos que receberam homenagens similares foram: Alan Alda (por seu papel coadjuvante em "The West Wing"), Brian Dennehy e Christopher Plummer (por papéis coadjuvantes em "Our Fathers", da Showtime), Paul Newman (ator coadjuvante em "Empire Falls", da HBO) e Randy Quaid (por seu papel coadjuvante na minissérie "Elvis", da CBS). Entre os indicados pela primeira vez em várias categorias, estavam: Andrews de "Lost", Arquette de "Medium", Braff de "Scrubs", Hatcher de "Desperate Housewives", Philip Seymour Hoffman de "Empire Falls", Laurie de "House", McShane de "Deadwood", Sandra Oh de "Grey's Anatomy", da ABC, Jeremy Piven em "Entourage", da HBO, Theron em "Peter Sellers" e Winger em "Dawn Anna". Deborah Weinberg

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,22
    3,148
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    0,64
    65.099,56
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host