UOL Notícias Internacional
 

30/03/2006

Um anti-spam com excesso de zelo mas que pode aprender

The New York Times
David Pogue
Ainda bem que as pessoas não me julgam pela minha caixa de entrada de e-mail. Se o fizessem, elas concluiriam que sou doente, obeso e desempregado, que preciso de uma nova hipoteca, não sei onde comprar medicamentos e não consigo agradar minha esposa.

Meu endereço de e-mail deve estar em toda lista de mensagens em massa dos cinco continentes. Ele aparece em todo artigo online (pogue@nytimes.com), de forma que sou uma mina de ouro para os robôs de software automatizados que os spammers (autores de e-mail indesejado) usam para obter endereços de e-mail na Internet.

Agora, a maioria dos programas de e-mail (Outlook, Entourage e assim por diante) possuem filtros de spam (e-mail indesejado). Infelizmente, eles não são páreo para os esforços constantes dos spammers para disfarçar suas mensagens como e-mail legítimo -por exemplo, escrevendo de forma errada palavras como hipoteca, Viagra e Cialis.

Você pode comprar programas anti-spam, é claro. Mas isto é mais uma coisa para instalar e retardar seu PC e pode se tornar caro se você tiver uma casa cheia de computadores. Você pode assinar um serviço de filtro de spam baseado em Internet -se estiver disposto a pagar uma taxa mensal para sempre. Ou pode optar por um programa de "desafio-resposta" do tipo KnockKnock ou QuarantineMail. Estes serviços não entregam nenhuma mensagem até que o remetente faça um pequeno teste online para provar que ele ou ela é humano. É um incômodo para seus correspondentes e pode bloquear coisas boas como boletins.

Em duas semanas, você terá uma nova opção muito incomum de anti-spam: o Spam Cube (spamcube.com). É um aparelho físico, um cubo de plástico de pouco mais de 10 cm de lado, disponível em branco, preto, prata, rosa ou amarelo. É um das primeiras peças de hardware anti-spam para indivíduos -e o único que não necessita de taxa mensal. Você compra o Spam Cube por US$ 150 e acabou.

Você instala o Spam Cube entre sua caixa de Internet (cable modem ou DSL) e seu roteador ou computador. Ele fica lá, interceptando todos os e-mails que chegam e os comparando, em frações de segundo, com um vasto banco de dados constantemente atualizado de conhecimento de spam nos computadores da Spam Cube. As mensagens que ele acredita serem spam chegam em sua caixa de entrada com [SPAM] no início da linha de assunto. Você então pode apagar estas mensagens ou várias delas juntas, as selecionar alfabeticamente ou estabelecer uma "regra de mensagem" para arquivá-las automaticamente em uma pasta própria.

Por que uma abordagem de hardware seria mais atraente do que uma baseada em software ou baseada em Internet?

Primeiro, não há programa para instalar, problemas para resolver ou
atualizações. Isto é especialmente útil se você tem vários computadores na casa; como ele fica no topo da rede, o Cube filtra os e-mails antes de chegarem aos computadores, sem risco de adicionar complexidade ou lentidão aos seus Macs ou PCs. (O Cube pode processar e-mail de até quatro computadores simultaneamente. Isto é, ele pode proteger uma rede de cinco computadores, desde que não tenha que checar os e-mails de todos ao mesmo tempo.)

Segundo, os representantes da Spam Cube, a empresa, estão bastante
orgulhosos de seu circuito de inteligência artificial. Sempre que o Spam Cube comete um erro nos programas de e-mail Outlook ou Outlook Express, identificando mensagens reais como spam ou vice-versa, você deve repreendê-lo clicando os botões "Isto é Spam" e "Isto não é Spam" na barra de ferramentas. Com o tempo, à medida que milhares de pessoas fornecerem retorno Spam/Não é Spam, o Cube supostamente ficará cada vez melhor em reconhecer spam, melhorando seu banco de dados para combater as táticas mais recentes dos spammers.

(A empresa afirma que não vê o conteúdo do seu e-mail. O programa apenas analisa suas características superficiais, como sua origem na Internet, quanto texto e gráficos contêm e assim por diante.)

Como bônus, o Spam Cube também pode identificar e colocar em quarentena
mensagens que contêm vírus -sempre uma característica útil. Ele pode alertar sobre mensagens de golpe (phishing), notificações falsas de banco, PayPal ou eBay que lhe alertam sobre algum problema em sua conta. É claro, elas visam enganar você a fornecer as informações de sua conta em uma versão falsa do site da empresa. Se você cair, os vilões poderão fazer o que quiserem com sua conta.

Infelizmente, você tem que pagar US$ 52 por ano para obter as funções
antivírus e anti-phishing; elas não estão inclusas no preço de compra. Note também que se você pagar a taxa, o antivírus do Spam Cube não lhe poupa do custo de um programa antivírus para Windows. Ele realiza um bom trabalho de pegar vírus enviados por e-mail (ele emprega a tecnologia antivírus tanto do Norton quanto do McAfee), mas não podem protegê-lo dos vírus que entram em seu PC de outras fontes, como downloads na Internet.

Ainda assim, o Spam Cube parece bom no papel. A grande pergunta é, quão bem ele funciona?

Saído direto da caixa, ele é letal para os spam. Em três dias, 354 mensagens de spam foram enviadas para minhas contas de e-mail -e o Spam Cube identificou corretamente 353 delas como spam.

Infelizmente, ela também marcou 43 mensagens legítimas como spam ou
phishing.

No painel de controle do Spam Cube, que é uma página que você pode ver em seu browser de Internet, você pode reduzir sua agressividade. Quando
ajustado em Agressivo (em vez de Muito Agressivo), ele passou a ser menos desconfiado de e-mails de amigos e colegas. Mas também fracassou em pegar as mensagens de phishing, para o provável prazer de vários impostores do eBay e do Chase Bank.

A empresa disse que inicialmente, o Spam Cube deverá conseguir 90% a 95% de precisão -e com o tempo a precisão melhorará para 98%. Claramente, esta não foi minha experiência, apesar de, é claro, o meu Cube não ter desfrutado do benefício do acúmulo de informações de outras pessoas, porque o produto ainda não está no mercado.

Todavia, o Spam Cube é um grande sistema se você usa o Outlook ou o Outlook Express (em um PC com Windows), porque é muito fácil torná-lo mais esperto usando os botões Spam/Não é Spam na barra de ferramentas.

Mas no Macintosh ou em outros programas de e-mail, não existem tais botões. Cada vez que o Cube rotula erroneamente uma mensagem, a única forma de ensiná-lo sobre o erro é abrir seu browser de Internet, abrir a página de configuração do Cube, clicar em Opções Gerais, então clicar na Lista de Bloqueio (para dar entrada no endereço de um spam) ou na Lista Permitida (para dar entrada no endereço de um amigo cuja mensagem foi equivocadamente rotulada como spam).

Isto representa trabalho demais -tanto que uma pessoa ocupada poderá nem se dar ao trabalho. Mas você pagará posteriormente pela sua preguiça. Quando clicar Responder para uma mensagem rotulada equivocadamente como spam, sua resposta ainda carregará a anotação [SPAM] na linha de assunto. A menos que você apague manualmente a palavra a cada resposta, você provavelmente desconcertará ou insultará seus correspondentes.

Outra preocupação surgiu quando o Spam Cube chegou em pedaços dentro de sua caixa de entrega. Foi como descobri que o Spam Cube é, na verdade, apenas uma placa quadrada de circuito no fundo de um grande cubo de plástico, fora isto vazio. Tal desperdício de espaço também é uma oportunidade desperdiçada; ao aumentar o aparelho para o formato de um cubo, a empresa o tornou desajeitado demais para transporte quando você viaja, deixando seu laptop desprotegido. Eles deveriam eliminar todo o espaço inútil e rebatizá-lo de Spam Slab.

O aparelho de reposição não funcionou até que, após várias horas de solução de problemas, a empresa concluiu que um minúsculo botão de Reset tinha de alguma forma emperrado. Alguns poucos minutos com uma pinça e um estilete resolveram o problema -mas deixaram alguma dúvida quanto à qualidade de construção do Cube. (A empresa disse que estes problemas foram anomalias isoladas. "Acredite em nós" também foi a resposta da empresa quando, vários dias depois, meu Cube parou abruptamente de realizar o download de mensagens de uma conta Yahoo e de uma das minhas contas pessoais; um representante disse que eu me deparei com um bug que já foi corrigido.)

O Spam Cube é uma grande idéia -corporações têm comprado hardware anti-spam há anos, por que não os consumidores?- mas pode ter sido colhido do pé antes de estar suficientemente amadurecido. Com o tempo, a empresa pretende adicionar botões Spam/Não é Spam para mais programas de e-mail, tornando o sistema do Cube bem mais conveniente.

Nos próximos meses, também haverá uma atualização do programa para
acrescentar mais opções ao painel de controle na tela do Spam Cube e, é
claro, a precisão na eliminação do spam certamente melhorará à medida que milhares de usuários começarem a fornecer retorno diário. Até lá, o placar continua sendo spammers 1, pessoas 0. George El Khouri Andolfato

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h30

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host