UOL Notícias Internacional
 

09/07/2006

Aluguel de curta duração vira opção a hotéis em NY

The New York Times
Bobbi Dempsey
Em Nova York
Durante os últimos cinco anos, Daniel Nelson utilizou os serviços da Abode, uma firma com sede em Nova York especializada em aluguéis de imóveis por curta duração, a fim de reservar um apartamento para os períodos em que visita a cidade.

"Gosto do fato de ficar nos bairros que interessam, vivendo como os moradores locais", explica Nelson, que mora em Sacramento e vem a Nova York algumas vezes por ano, ficando na cidade por períodos de quatro a nove dias. "É uma opção bem mais informal do que um hotel, de forma que não preciso me preocupar com a maneira de me vestir apenas para passar por um saguão quando desejo ir a um café".

Nelson gosta de ficar na área de Upper East Side em Manhattan, e pretende ficar em um apartamento da Abode na região quando visitar Nova York novamente em outubro.

"Quando sigo para Nova York, digo aos amigos que estou ficando 'no apartamento', como se fosse o meu apartamento, porque é essa a sensação que tenho", afirma Nelson.

Os apartamentos para aluguéis de curta duração são uma inovação da indústria imobiliária, que tradicionalmente fornece apartamentos para funcionários que precisam trabalhar temporariamente fora da sua área de residência, ou que necessitam de moradia provisória após se mudarem para uma outra cidade.

Mas embora tais serviços geralmente só estejam disponíveis para uma estadia por um período mínimo de um mês, os apartamentos para aluguéis de curta duração são direcionados para os viajantes que precisam ficar em determinada cidade por uma semana ou menos.

E por que não reservar simplesmente um quarto de hotel? O preço é um dos fatores. Um quarto de hotel em uma grande cidade pode custar uma pequena fortuna, especialmente quando são levados em consideração custos extras, como impostos.

Embora os preços dos apartamentos variem, com base no período do ano, na localização e em outros fatores, os usuários dos serviços de curta duração geralmente economizam de 25% a 50% em relação ao preço de um quarto de hotel de luxo, segundo algumas firmas especializadas neste tipo de serviço.

E embora as opções oferecidas também variem, a maioria dos apartamentos vem com uma série de itens extras, como cozinhas dotadas de pratos, vasilhas e panelas, permitindo aos hóspedes comer em casa e economizar o dinheiro gasto com restaurantes. Em vários apartamentos são permitidos até animais de estimação.

Prevenindo "surpresas"

A maior parte dos serviços de aluguel permite que o cliente faça uma visita online ao apartamento, de forma que não haja nenhuma surpresa desagradável a lhe aguardar.

Fatores subjetivos também podem ser importantes. Alguns locatários podem apreciar a sensação caseira proporcionada por um apartamento, e afirmam que tal opção lhes dá uma chance melhor de experimentar o modo de vida de um morador local. Algumas pessoas vêem na estadia uma oportunidade para estudar atentamente o local antes de pensarem em se mudar para ele.

Para outros, é importante a chance de "morar" em um prédio exclusivo como o Trump Riverside, ou o Metropolis, algo que eles não seriam capazes de bancar como moradores permanentes.

De certa forma, os apartamentos alugados por períodos de curta duração são semelhantes aos quartos de hotel: a disponibilidade pode se limitada durante épocas de pico, fazendo com que as reservas precisem ser feitas com bastante antecedência. Algumas firmas são donas dos seus próprios apartamentos, enquanto outras atuam como intermediárias, sublocando apartamentos alugados de proprietários particulares.

Os clientes podem escolher entre o estoque disponível, muitas vezes baseando as suas decisões no bairro ou no tamanho do apartamento.

Existem algumas possíveis desvantagens. Algumas firmas realizam análises de crédito ou exigem depósitos antecipados (geralmente de algumas centenas de dólares). Na hora das refeições, não existe serviço de quarto, e o cliente pode esquecer a idéia de se dirigir ao bar do hotel para tomar um drinque.

Um outro pequeno inconveniente: algumas firmas não informam qual é o número do telefone do apartamento, de forma que o hóspede precisa usar o telefone celular para receber chamadas. Mas, para os fãs dos aluguéis de curta duração, as vantagens superam os problemas.

Acessórios

A Furnished Quarters, uma firma com sede em Nova York, oferece apartamentos na área metropolitana desta cidade, e também em Boston, na Flórida e em algumas localidades no exterior. Os seus apartamentos possuem acessórios como tábua de passar roupa, material de limpeza e chaleira.

Quando Mike Thomas estava se preparando para o seu novo emprego como diretor de programação da rádio WZLX-FM, em Boston, ele necessitou de um lugar para ficar durante as suas viagens freqüentes a San Diego, a cidade em que morava anteriormente.

Por recomendação de um funcionário da rádio, ele procurou a Furnished Quarters. Thomas, que se mudou 15 vezes durante a sua carreira de rádio, e que se hospedou em vários hotéis e apartamentos, teve uma agradável surpresa.

"Boa localização, toda a mobília necessária, instalações para lavagem de roupa e uma cama realmente confortável", diz Thomas. "Tudo isso é importante quando se está longe de casa".

A Oakwood Worldwide, com sede em Los Angeles, é uma das maiores companhias especializadas em aluguéis de curta duração, oferecendo acomodações na América, na Europa e na Ásia. Embora o seu modelo de negócios tenha se baseado originalmente nos aluguéis de longa duração, os executivos da empresa observaram que existia uma grande demanda por acomodações de curto prazo.

Atualmente a Oakwood oferece estadias mínimas de cinco a sete dias em cidades por todo os Estados Unidos e na Ásia.

"Essa é uma grande opção para aquelas pessoas que desejam escapar do cenário clássico do bar e do restaurante de hotel", explica Chris Ahearn, vice-presidente de vendas e marketing mundiais da Oakwood Worldwide.

"Se o indivíduo é o presidente de uma empresa ou um executivo que está em viagem no mesmo hotel com colegas, ele pode achar inconveniente passar pelo bar ou pelo café e ser convidado pelos colegas para tomar um drinque. Naturalmente o indivíduo deseja ser amigável com os colegas, mas antes que se dê conta, vários horas se passam e o trabalho acaba não sendo feito", diz Ahearn.

A maior parte dos clientes da Oakwood trabalha no setor de finanças ou de entretenimento. Alguns são astros de reality shows populares. "Astros que desejam ser vistos se hospedam no Four Seasons", diz Ahearn. "Mas aqueles que querem passar desapercebidos ficam em um dos nossos apartamentos, que, em muitos casos oferecem o mesmo nível de luxo sem os inconvenientes típicos de um hotel".

Mais opções

Procurar um serviço desses na baixa estação significa freqüentemente preços melhores e uma lista de opções mais ampla. "A nossa estação de pico costuma ser de junho a agosto, quando recebemos vários estagiários de medicina e executivos que são transferidos por suas empresas", diz Ahearn. "Assim, contamos com muitas unidades disponíveis durante o outono e o inverno, quando muita gente gosta de viajar".

Os preços podem variar de US$ 110 por noite em um estúdio em Los Angeles a US$ 210 por um apartamento de dois quartos nas imediações de Washington, D.C.

Segundo o sistema de reservas da Oakwood, os clientes podem reservar um apartamento ou vários deles, em localidades diferentes, por meio de um único telefonema. Conforme ocorre com vários serviços de aluguéis de curta duração, a maior parte dos clientes é composta de funcionários de companhias e de executivos em viagem, mas cresce o número de turistas que escolhem esta opção.

Gary Silva, de São Francisco, viaja para Nova York várias vezes ao ano para visitar as filhas, e fica sempre em um apartamento da Metro-Home, uma firma de Nova York que oferece uma ampla gama de apartamentos por toda a cidade.

"Gosto de um apartamento completo, de forma que, se desejarmos, possamos preparar uma refeição", explica Silva. "Além do mais, eu confio na Metro-Home, e sei que eles mantêm um padrão de qualidade, de forma que optei pelo serviço deles".

A Metro-Home oferece estúdios e unidades de um, dois e três quartos, a maioria dotada de sofás-camas.

Todos os apartamentos são equipados com TV a cabo, videocassete, telefone com dataport para acesso à Internet e secretária eletrônica. O café-da-manhã continental é gratuito no primeiro dia para os hóspedes que ficam menos de sete dias.

A principal unidade da firma, o edifício Hospitality House, na 145 E. 49t Street, em Midtown Manhattan, possui 35 apartamentos, e um novo prédio em Greenwich Village, o Atrium, na 160 Bleecker Street, tem 50 apartamentos. Essas opções podem ser convenientes para grupos grandes que viajam juntos, e que preferem ficar no mesmo edifício.

Os preços oferecidos pela Metro-Home costumam ser bem mais baixos do que os de vários hotéis. Por exemplo, durante uma semana no final da primavera, a diária de quartos em hotéis como o Grand Hyatt era de US$ 400 durante os finais de semana. Um estúdio ou apartamento de um quarto em um prédio vizinho, oferecidos pela Metro-Home, custavam menos de dois terços daquele preço.

A companhia oferece ofertas especiais: por exemplo, diárias de verão de US$ 179 para estúdios, e de US$ 209 para apartamentos de um quarto em toda Manhattan. Os clientes podem se inscrever para receberem alertas de e-mail.

Turistas e excutivos

A Resortquest, uma divisão de Nashville da Gaylord Entertainment, que é proprietária do Grand Ole Opry e de outros centros de entretenimento e hotéis, gerencia milhares de apartamentos em 50 cidades, a maioria em áreas de resorts, de forma que os seus clientes são principalmente turistas em férias.

Mas um número cada vez maior de indivíduos em viagens de negócios está usando o serviço da Resortquest, já que ela oferece mais espaço e privacidade, sem deixar de fornecer as vantagens típicas de um resort, algo importante para aqueles que viajam com suas famílias.

Um apartamento para estadia de curta duração não é uma opção que agrada a todos, mas os viajantes que buscam uma alternativa para os hotéis podem decidir que este tipo de alojamento é vantajoso.

"Nós adoramos esta opção", garante Silva. "Notamos realmente a diferença quando precisamos ficar em um hotel. Os apartamentos alugados por curta duração nos dão a sensação de estarmos em casa, mesmo estando longe de nossas residências". Danilo Fonseca

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host