UOL Notícias Internacional
 

13/02/2007

Presidente do Irã nega acusações americanas de ligação com o Iraque

The New York Times
Nazila Fathi
Em Teerã
O presidente Mahmoud Ahmadinejad negou na segunda-feira as acusações americanas de que o Irã está armando os militantes xiitas no Iraque, dizendo que o Irã é contrário a "qualquer tipo de conflito" no país.

AFP 
"Nós estamos pedindo pela paz, nós estamos pedindo pela segurança", disse Ahmadinejad


"Nossa posição em relação ao Iraque é muito clara", ele disse em uma entrevista para Diane Sawyer no programa "Good Morning America", da rede ABC. "Nós estamos pedindo pela paz, nós estamos pedindo pela segurança e ficamos tristes em ver pessoas sendo mortas, independente de quem sejam."

Em uma coletiva de imprensa no domingo, oficiais americanos no Iraque mostraram aos jornalistas armas cuja procedência seria de fábricas iranianas e que foram usadas para matar 170 americanos nos últimos três anos. Eles acusaram os líderes iranianos de autorizarem o contrabando de tais armas ao Iraque.

Ahmadinejad se recusou a responder diretamente à acusação na entrevista, mas rejeitou as acusações dizendo que os americanos estão tentando encontrar um bode expiatório para seus problemas no Iraque.

"Eu acho que os americanos cometeram um erro no Iraque e infelizmente estão perdendo. Isto é uma vergonha para os americanos, é claro, e é o motivo para estarem tentando apontar seus dedos para outras pessoas. Mas apontar dedos para outros não resolverá o problema", ele disse.

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Mohammad Ali Hosseini, foi mais direto na negação das acusações na segunda-feira, em sua coletiva de imprensa semanal. Ele chamou as acusações de infundadas e disse que as evidências foram fabricadas.

"Tais acusações não são confiáveis nem podem ser apresentadas como evidência", ele disse. "Os Estados Unidos têm uma longa história de fabricarem evidências. Tais acusações são inaceitáveis."

As tensões entre o Irã e os Estados Unidos aumentaram nos últimos meses em torno do programa nuclear do Irã e seu papel no Iraque. Os Estados Unidos acusam o Irã de ter um programa secreto de armas nucleares e de armar os militantes xiitas no Iraque. O Irã diz que seu programa nuclear é para fins pacíficos de energia e que defende a estabilidade no Iraque.

O Irã, que é governado por clérigos xiitas e, como o Iraque, tem uma maioria xiita, mantém laços estreitos com os xiitas iraquianos, muitos dos quais viveram exilados no Irã enquanto Saddam Hussein estava no poder em Bagdá.

Na entrevista, Ahmadinejad disse que foram os americanos, e não os iranianos, que desestabilizaram o Iraque e pediu para que deixassem o país. "Nós somos contrários a qualquer conflito e também à presença de forças estrangeiras no Iraque", ele disse, "o motivo de nos opormos aos americanos".

Quanto às afirmações americanas de que números de série ligavam as armas no Iraque à sua origem no Irã, ele pareceu despreocupado, sugerindo que há uma evidência mais clara da força americana no Iraque.

"Eu posso lhe dar dados e números, que são conhecidos: mais de 160 mil soldados americanos estão no Iraque", ele disse, acrescentando: "O que eles estão fazendo no Iraque?"

Ahmadinejad também se referiu indiretamente às ações americanas em Bagdá e em Erbil, uma cidade no norte, nas quais oficiais iranianos foram presos e acusados de trabalharem com grupos extremistas no planejamento de ataques contra forças americanas e iraquianas.

"Foi infantilidade do governo americano fazer aquilo, prender pessoas indefesas", ele disse.

Ele disse que o Irã está disposto a fornecer "apoio intelectual" ao governo iraquiano e aos americanos para ajudar a colocar um fim ao conflito no Iraque.

Ahmadinejad afastou a possibilidade de um ataque militar dos Estados Unidos contra o Irã. "Há pessoas sábias nos Estados Unidos que deteriam tais ações ilegais", ele disse, "mas nossa posição é clara. Nosso país deixou claro que qualquer um quiser atacar nosso país será severamente punido". George El Khouri Andolfato

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,79
    3,152
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    1,18
    65.148,35
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host