UOL Notícias Internacional
 

19/04/2007

Dia de mudança para o computador com Vista

The New York Times
Larry Magid
Comprar um novo computador é muito parecido com comprar ou alugar uma casa nova. Primeiro você precisa escolher e pagar por ele, e depois tem de mudar suas coisas. E, como se o dia de mudança de PC não fosse suficientemente difícil, a maioria das pessoas que hoje enfrentam essa tarefa tem de migrar de uma versão mais antiga do Windows para o novo Windows Vista, que geralmente armazena os arquivos do usuário em pastas diferentes das versões anteriores.

Dave Ember/The New York Times 


Felizmente, há diversas ferramentas para copiar pastas e arquivos de uma máquina para outra. O programa Windows Easy File Transfer, que vem com o Vista, pode ajudar a migrar configurações de programas, enquanto o PCMover da Laplink pode migrar opções e tentar transferir seu software.

Antes de escolher uma ferramenta de transferência, considere como você quer configurar seu novo PC. Uma estratégia é simplesmente copiar os arquivos de uma máquina para outra e configurar tudo a partir do zero. Isso pode significar a perda de todos os seus Favoritos do navegador e ícones do desktop e ter de reeditar suas opções de e-mail, mas também significa que você começará uma nova vida com sua nova máquina.

Quando se trata de transferir software, simplesmente copiar os arquivos de programas de uma máquina para outra raramente funciona, porque a maioria dos programas tem de ser adequadamente instalada antes de funcionar. Com exceção do PC Mover, nem um dos produtos que testei sequer tenta transferir os programas, mas eles movem suas imagens, documentos, músicas e outros dados, e em alguns casos suas opções de programas.

Para software, o plano mais confiável é instalar seus programas dos CDs e DVDs originais ou baixá-los da Internet. Se seus programas (como versões recentes do Microsoft Office) exigem ativação antes de funcionar, você pode tentar reativá-los pela Internet, mas as políticas antipirataria do vendedor do programa podem impedir isso. Na maioria dos casos você terá um número de telefone para ligar e explicar que você está mudando de uma velha máquina para uma nova.

Embora a maioria dos criadores de ferramentas diga que elas "transferem" os arquivos, o que elas fazem na verdade é copiá-los, deixando a máquina original como estava. A menos que você pretenda guardar a máquina original, você deve se certificar de usar software que deleta permanentemente os arquivos antes de você dá-la, vendê-la ou reciclá-la.

Uma maneira de levar os arquivos para a nova máquina é conectar as duas numa rede de área local com ou sem fio, e usar as ferramentas do Windows para copiar os arquivos. Você também pode fazer backup da velha máquina em um disco rígido externo, CDs ou DVDs e restaurá-los na nova máquina - ou pode criar uma espécie de rede conectando as duas máquinas com um cabo destinado especificamente a transferir arquivos.

Uma vantagem de usar um drive externo para transferir arquivos é que você terá um backup de seus dados quando terminar e poderá continuar a usar aquele drive para fazer backup de dados da nova máquina. As máquinas também não precisam ficar no mesmo local - é prático se você estiver montando um novo PC em uma sala diferente da do antigo.

Por US$ 210 você pode comprar um drive USB externo Maxtor Personal Storage de 500 gigabytes, que vem com software de backup e restauração. Outras opções incluem um drive USB de 160 gigabytes da SimpleTech (US$ 100). Esses drives têm software que podem copiar os dados de sua máquina antiga e restaurá-los na nova - ou, para simplificar, você pode usar ou Windows Explorer para copiar seus diretórios de dados para o drive externo e do drive para o novo PC.

A nova linha de drives USB FreeAgent 2.0 da Seagate, que ela chama de "transferidores de dados" (a partir de US$ 110 para a versão de 80 gigabytes), permite não apenas que você mova os dados entre máquinas, mas também acionar programas de um computador no outro sem ter de copiar os programas, dados ou arquivos de configuração.

Se você tiver uma rede Ethernet com ou sem fio, pode usá-la para copiar arquivos de uma máquina para a outra. Colocar duas ou mais máquinas com Vista em rede é muito fácil. Embora seja possível fazer uma rede entre uma máquina com Vista e outra com Windows XP ou sistema operacional anterior, fazê-la funcionar adequadamente com o XP pode ser complicado. Se você usa uma rede, tem de dar aos dois sistemas operacionais permissão para compartilhar as pastas, depois arrastar as pastas de uma máquina para a outra.

O Vista vem com um programa de migração de dados e configurações chamado Windows Easy Transfer, que você pode usar com um cabo, uma rede, CDs, DVDs ou um drive externo para transferir arquivos e configurações entre Windows XP e Vista (ou somente arquivos do Windows 2000). Quando você aciona o programa, recebe uma mensagem dizendo que ele pode ser usado para transferir "contas de usuários, pastas e arquivos, configurações, opções e favoritos da Internet, opções de e-mail, contatos e mensagens", mas isso não é totalmente verdadeiro.

Embora ele funcione com alguns programas de terceiros, não conte com copiar as configurações de todos os navegadores, programas de e-mail e outros softwares que não são da Microsoft ou encontrar documentos que não estão onde o Windows espera que estejam. Ele não copia configurações das últimas versões do Firefox, e foi necessário usar uma configuração avançada para que ele copiasse documentos arquivados nos diretórios que eu mesmo criei. No lado positivo, ele copia automaticamente documentos armazenados nas pastas padrão do XP para as pastas apropriadas no Vista.

As máquinas com sistemas operacionais anteriores não vêm com Windows Easy Transfer, mas quando você aciona o programa na sua máquina com Vista ele cria o software necessário para que você copie para um drive removível para instalar no seu Windows XP ou 2000.

Se você não estiver usando mídia removível ou uma rede de área local, precisará de um cabo para conectar as máquinas. A Microsoft recomenda o Easy Transfer Cable para Windows Vista da Belkin (US$ 40), que vem com um CD-ROM com software para sua máquina mais antiga, juntamente com um cabo USB de 2,40 metros e alguma eletrônica para acelerar a transferência. Assim como em todas as estratégias de transferência, o tempo que vai levar depende do número e do tamanho de seus arquivos, assim como do software ou atividades de disco que podem desacelerar o processo. Pode levar facilmente uma hora ou mais.

O software PCMover da Laplink (US$ 60 com cabo ou US$ 50 para versão
download) funciona com versões do Windows até o 95. Além de transferir arquivos e configurações, ele também transfere seu software. Assim como com o produto da Microsoft, você pode usá-lo com uma rede, mídia externa ou cabo.

Depois de instalar o software nas duas máquinas e conectar os cabos, levou cerca de três horas para migrar o software, dados e configurações do meu computador com XP para o novo com Vista. O software moveu todos os meus arquivos de programas, mas nem todos funcionaram imediatamente.

O Microsoft Office, por exemplo, exigiu que eu colocasse o CD-ROM original para validar a cópia. Um programa que uso para me conectar a uma rede privada virtual foi transferido corretamente, mas a configuração necessária não funcionou na nova máquina. Quando terminei de deixar tudo funcionando, talvez tivesse sido igualmente fácil reinstalar os programas.

Quando se trata de copiar dados, achei o Tornado a abordagem mais simples e rápida, porque foi extremamente fácil de instalar. O dispositivo de transferência de US$ 60 consiste em uma caixa oval (com cerca de 11,5 x 7,5 cm) com um cabo USB retrátil em cada ponta. O Tornado não vem com CD; o software necessário para transferir os arquivos está armazenado em sua memória flash e é automaticamente instalado nos dois computadores assim que eles são conectados.

Enquanto a instalação e configuração são automáticos, você precisa selecionar os arquivos que deseja copiar, então vai precisar saber onde sua máquina antiga armazena os arquivos de dados e onde o Vista espera que eles estejam. Uma lista de perguntas freqüentes (FAQ) no site da companhia documenta tudo isso.

Assim como qualquer outra mudança, vai levar algum tempo antes que você se sinta à vontade, por isso nunca tente configurar um novo PC ou atualizar um antigo quando tiver um prazo apertado. Não importa o quanto você se dedique ao processo, sempre haverá algum aplicativo que você se esqueceu de copiar ou um arquivo que precisa caçar. Como aquele jogo de toalhas da sua antiga casa que você ainda não conseguiu encontrar. Luiz Roberto Mendes Gonçalves

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host