UOL Notícias Internacional
 

20/05/2008

Borrifar testosterona aumenta o desejo sexual da mulher?

The New York Times
Eric Nagourney
Mulheres que borrifam testosterona no abdômen para aumentar seu desejo sexual podem não obter muitos benefícios - a não ser que elas também queiram ver crescer pêlos ali.

Nos Annals of Internal Medicine, pesquisadores afirmaram que o tratamento pode ter futuro para mulheres na pré-menopausa enfrentando a perda do interesse e da satisfação sexual. Mas o estudo descobriu somente melhorias ligeiras, que podem até ter sido causadas pelo efeito do placebo. Tratamentos com testosterona são administrados em mulheres cujo apetite sexual diminui depois da menopausa, mas nenhum é aprovado para mulheres que ainda menstruam, disse o estudo.

Para esse estudo, 261 mulheres com diminuição na atividade sexual e níveis baixos de testosterona receberam um de quatro sprays e foram orientadas a borrifá-lo em seu abdômen por quatro meses. Três sprays tinham níveis variados de testosterona e um deles era placebo.

No começo do estudo, as mulheres relataram ter de quatro a cinco relações sexuais por mês, sendo 1,4 uma média considerada satisfatória. Após 16 semanas, as mulheres em todos os grupos relataram uma vida sexual melhor, apesar de o aumento ser estatisticamente significativo apenas para o grupo que recebeu a dose intermediária de testosterona. Foi bastante comum o crescimento indesejado de pêlos na região onde foi aplicado o spray.

Os resultados justificam mais pesquisas, concluem os pesquisadores, mas por enquanto alertaram sobre o uso indiscriminado de testosterona em mulheres na pré-menopausa. The New York News Service

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h39

    -0,58
    3,163
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h43

    0,01
    70.020,21
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host