UOL Notícias Internacional
 

21/07/2008

A noite é de Batman e todo o fim de semana também

The New York Times
Michael Cieply
Fãs arrebatados levaram "O Cavaleiro das Trevas", o sexto filme da série "Batman" da Warner Bros. a um recorde de vendas de ingressos em três dias de US$ 155,3 milhões durante o final de semana, sustentando o que até agora foi um ano incerto nas bilheterias.

Pelos cálculos da Warner,o filme acanhadamente eclipsou as vendas de ingressos no fim de semana de lançamento do filme da Sony Pictures "O Homem-Aranha 3", que no ano passado faturou US$ 151,1 milhões e detinha o recorde anterior.

 Hiroko Masuike/The New York Times 
Vários espectadores compareceram vestidos como o perturbado coringa de Heath Ledger

Incluindo os excelentes US$ 27,6 milhões pelo musical "Mamma Mia!" da Universal Pictures, os 12 filmes mais vistos no final de semana somaram US$ 249,6 milhões, segundo a consultoria de arrecadação Media by Numbers. Isso elevou o total de arrecadação doméstica para o ano a US$ 5,36 bilhões.

O total ainda é 1% menor que no mesmo período no ano passado, e o número de freqüentadores de cinema caiu 3,7%. Mas o desempenho do final de semana permitiu que os estúdios e os proprietários de cinemas também recuperassem o ânimo, pois mostrou que mesmo uma franquia familiar como "Batman" ainda pode trazer surpresas.

"Ele simplesmente assumiu vida própria", disse Dan Fellman, presidente da Warner para distribuição cinematográfica. "Não esperávamos nada que se parecesse com isso."

O entusiasmo em torno de "O Cavaleiro das Trevas" começou a crescer acentuadamente há várias semanas, alimentado em grande parte pelo interesse em torno do desempenho, como Coringa, de Heath Ledger, que morreu em janeiro.

Os cinemas começaram a acrescentar sessões à meia-noite e depois no início da manhã, assim que os fãs do filme começaram a reservar ingressos antecipadamente online. Nas sessões de pré-estréia, realizadas em todo país, o público -incluindo vários espectadores que compareceram vestidos como o perturbado coringa interpretado por Ledger- elevaram as vendas de ingressos da sexta-feira a cerca de US$ 66,4 milhões, incluindo a extraordinária soma de US$ 18,5 milhões das apresentações da meia-noite.

O fato de o lançamento do filme ter conquistado um status de acontecimento, que filmes anteriores de "Batman" jamais alcançaram, aparentemente se deve em parte à sua forte presença no formato Imax.

O filme -dirigido por Christopher Nolan e interpretado por Christian Bale- foi filmado em parte com o uso de câmeras Imax e lançado em cerca de 100 cinemas com telas Imax nos Estados Unidos. Isso representa um aumento na arrecadação porque os ingressos para Imax custam em média US$ 12,80, cerca de 80% a mais que o preço médio do ingresso, de US$ 7,08, como calculou a Media by Numbers.

As exibições em Imax contribuíram com US$ 6,2 milhões para a arrecadação de "O Cavaleiro das Trevas", superando o recorde anterior em Imax, de US$ 4,7 milhões do "Homem-Aranha 3" em mais de 30%, disse Greg Foster, presidente do setor de entretenimento filmado da Imax.

A bilheteria do verão foi excelente mas não espetacular, com os ingressos para a temporada em ligeira alta para US$ 2,76 bilhões, graças à inflação nos preços, e a freqüência de espectadores registrando queda de 2%. Filmes como "Homem de Ferro" da Paramount Pictures e Marvel Studios e "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" da Paramount e Lucasfilm superaram o marco dos US$ 300 milhões.

Mas "Hancock", o filme com um super-herói malcomportado da Sony Pictures e o astro Will Smith, não alcançou as bilheterias do ano passado de "Transformers" durante o feriado de 4 de junho e vários lançamentos, incluindo "O Grande Dave" de Eddie Murphy e da 20th Century Fox, não foram bem recebidos.

Neste final de semana a Fox sofreu outro constrangimento com a animação "Space Chimps - Micos no Espaço" que arrecadou apenas US$ 7,4 milhões e ficou em sétimo lugar.

A arrecadação de "Mamma Mia!" estrelado por Meryl Streep, foi quase idêntica à de seu equivalente no ano passado, "Hairspray", um musical da New Line Cinema que arrecadou US$ 27,5 milhões em vendas no primeiro final de semana e acabou rendendo US$ 118,9 milhões.

Outros filmes de boa bilheteria no final de semana incluem "Hancock", com US$ 14 milhões (para um total de US$ 191,5 milhões); "Jornada ao Centro da Terra" da Warner, com US$ 11,9 milhões (um total de US$ 43,1 milhões); "Hellboy II: O Exército Dourado" da Universal, com US$ 10 milhões (US$ 56,4 milhões, total) e "Wall-E" de Walt Disney com US$ 9,8 milhões (US% 182,5 milhões no total).

Com tais recordes, o desempenho do final da semana também ressalta o quanto os estúdios estão se esforçando mais pelos seus sucessos nos últimos anos. O "Batman" de 1989 com um orçamento de US$ 35 milhões, arrecadou no lançamento apenas US$ 40,5 milhões e chegou aos US$ 251 milhões no mercado doméstico.

Já "O Cavaleiro das Trevas", em contraste, como se informou, custou mais de US$ 180 milhões. Dado o padrão de grandes sucessos de bilheteria contemporâneos, parece improvável que o filme se equipare ao desempenho de "Batman", cuja arrecadação no mercado doméstico pode ser da ordem de US$ 450 milhões se ajustado para refletir a inflação sobre o preço dos ingressos.

Os filmes que são um "acontecimento" hoje em dia tendem a ter lançamentos maiores e desaparecem mais rapidamente do que aqueles do passado. Dessa forma, "Homem-Aranha 3" captou cerca de 45% de seus US$ 336,5 milhões em total de vendas no fim-de-semana de lançamento e "Piratas do Caribe - No Fim do Mundo" recebeu 37% de seus US$ 309,4 milhões no primeiro final de semana do ano passado.

"Batman", em contraste, contou na semana de lançamento com apenas 16% das vendas.

Fellman disse acreditar que "O Cavaleiro das Trevas" continuará à frente de "Homem-Aranha 3" nos próximos dias, graças às folgas escolares de verão. "Homem-Aranha 3" foi lançado no início de maio e foi preciso muito empenho pelas bilheterias do meio da semana.

Até o final da semana, disse Fellman, "O Cavaleiro das Trevas" provavelmente terá arrecadado mais que os US$ 205 milhões em vendas de ingressos no mercado doméstico que o seu predecessor, "Batman Begins", em 2005. "O Cavaleiro das Trevas" bateu recorde de vendas de ingressos em três dias Claudia Dall'Antonia

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h39

    0,37
    3,159
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h48

    0,55
    65.457,05
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host