UOL Notícias Internacional
 

22/07/2008

Saúde pessoal: dissipando antigos mitos de saúde

The New York Times
Jane E. Brody
Em 45 anos escrevendo sobre saúde e medicina, ouvi inúmeros mitos e enganos, desde o meramente absurdo até o realmente perigoso. Antes de explorar as evidências, eu também ocasionalmente acreditei em um "fato" que, no final, era menos do que parecia.

Ultimamente, uma série de autores médicos analisou esses lugares comuns e conselhos antigos das mulheres.

No ano passado, Anahad O'Connor, que faz isso todas as semanas em sua coluna "Really?" na "Science Times", publicou "Never Shower in a Thunderstorm: Surprising Facts and Misleading Myths About Our Health and the World We Live In" (Nunca Tome um Banho em uma Tempestade de Trovões: Fatos Surpreendentes e Mitos Enganosos sobre nossa Saúde e o Mundo no qual Vivemos, da editora Times Books).

Agora, Nancy L. Snyderman, cirurgiã oncologista da Universidade de Pensilvânia e correspondente médica da NBC News, publicou um novo livro: "Medical Myths that Can Kill You - and the 101 Truths That Will Save, Extend and Improve Your Life" (Mitos Médicos que Podem Matar as Pessoas - e 101 Verdades que Salvarão, Estenderão e Melhorarão a sua Vida, da editora Crown).

Os seguintes mitos devem algo aos dois autores e também à minha própria pesquisa. O quanto você está bem informado?

Beba oito copos de água por dia
Há muito acredito que oito copos por dia de água ou de outras bebidas sem cafeína eram importantes para ajudar a manter o corpo hidratado e prevenir a prisão de ventre. Talvez os fabricantes de papel higiênico estivessem por trás desta noção. Os pesquisadores não foram capazes de encontrar apoio científico para ela.

O Instituto de Medicina recentemente observou que você pode satisfazer a necessidade de líquidos do corpo de muitas formas, inclusive bebendo café e chá (com ou sem cafeína) e comendo frutas e legumes de maior conteúdo de água. Dois sinais de que você talvez precise beber mais líquidos são a sede e a cor da urina, que deve ser clara como, bem, a água.

Se você for fisicamente muito ativo, especialmente em clima quente, beber água fria repetidamente ajuda. No entanto, depois de dois litros talvez você tenha de substituir os sais perdidos no suor - por exemplo, bebendo uma bebida esportiva diluída e comendo alimentos com sal e potássio.

A irritação causada por heras venenosas é contagiosa
As erupções na pele causadas por heras venenosas (Toxicodendron radicans) não podem ser transmitidas de pessoa para pessoa ou mesmo para outra parte do corpo, a não ser que a resina da planta ainda esteja nas mãos ou roupas. A irritação, uma dermatite de contato, pode parecer se espalhar por que freqüentemente se desenvolve seqüencialmente, dependendo de quando e onde a pele foi exposta. Coçar não espalha a irritação, mas pode prolongá-la e causar uma infecção.

Loções e cremes comuns contra a coceira não ajudam, e os que contêm anti-histamínicos, como Benadryl, podem complicar as coisas, causando uma reação alérgica. A irritação é mais bem tratada com esteróides, com hidrocortisona tópica ou, em casos mais severos, oralmente com predinisona. Aplique um pano molhado nas bolhas para apressar a secagem.

A casca da manga contém uma forma menos potente do urushiol, o alergênico da hera venenosa, e a pessoa pode desenvolver uma irritação em torno da boca se comer a casca.

Os que acham que são imunes à hera venenosa devem saber que a sensibilidade se desenvolve com a exposição repetida.

Use cotonete para limpar os ouvidos
Umbigos talvez, mas não ouvidos. Meu filho gostaria de ter sabido isso anos atrás, antes de meu neto de dois anos copiar o pai e perfurar o tímpano com um cotonete. O buraco foi tão grande que precisou de reparação cirúrgica.

Snyderman salienta que o cotonete pode empurrar a cera ainda mais para dentro do ouvido, causando sua compactação e diminuição da audição. Há muito eu apóio o conselho médico: nunca coloque nada menor do que um cotovelo no ouvido. Se a cera acumulada for um problema, pingue gotas para amolecimento da cera ou faça a limpeza com um profissional ocasionalmente.

Não nade depois de comer
Os pais repetidamente nos advertiram para esperar uma hora depois da refeição. Talvez fosse bom se eu estivesse planejando competir, nadar longas distâncias ou contra uma forte corrente. Exercício forte de barriga cheia nunca é uma boa idéia, que pode resultar em cãibras no estômago ou musculares. Os especialistas, contudo, não vêem mal algum em um mergulho ou brincadeira casual na água (piscina ou mar) logo após comer.

O que pode ser perigoso é nadar depois de ingestão de bebidas alcoólicas porque podem prejudicar o discernimento e estimular atitudes arriscadas.

O pêlo quando é raspado nasce mais rápido e mais grosso
Esse mito persiste apesar de um estudo conduzido 80 anos atrás tê-lo refutado. O pêlo raspado está morto e passar a Gillette não tem nenhum efeito na velocidade do crescimento, que vem dos folículos vivos de cabelo, abaixo da superfície da pele. O novo pêlo pode parecer mais escuro porque ainda não foi exposto ao sol ou a agentes químicos por muito tempo. Também pode parecer mais grosso porque as pontas ainda não foram desgastadas.

Limpeza do cólon tira venenos
A limpeza colônica não tem valor médico conhecido e arrisca prejudicar o reto e o intestino. O intestino não é "sujo" e, a não ser que a doenças ou medicações interfiram, a natureza faz um bom papel em limpar os dejetos. Se você estiver preocupado com substâncias impuras em seu corpo, beba muita água para ajudá-lo a se livrar delas.

O que é natural é mais seguro do que algo produzido pelos homens
Uma mulher recentemente me perguntou se era seguro tomar "substituição hormonal bioidêntica". Infelizmente, são estrogênios, e não há evidências confiáveis de que são mais seguros do que os feitos pelos farmacêuticos e foram associados a risco maior de câncer e de doença cardíaca.

Lembre-se, a natureza produziu algumas das substâncias mais perigosas que se conhece, inclusive o arsênico e a toxina botulínica. Os químicos produziram remédios que podem controlar ou curar muitas doenças fatais. Muitos remédios importantes são derivados de substâncias naturais que não só agem como as drogas como também têm efeitos colaterais como as drogas.

Somente ensaios clínicos cuidadosamente controlados podem garantir a segurança de uma droga natural ou fabricada pelo homem, e poucas substâncias naturais foram testadas desta forma.

Tome analgésicos apenas para dores sérias
Em uma sala de espera de um médico, uma mulher ficou sentada gemendo por uma hora e meia antes de finalmente pedir à enfermeira um analgésico para aliviar sua dor de cabeça. Apesar de muitas pessoas verem os comprimidos como resposta para todos os males, outras evitam remédios a todos os custos, para sua grande desvantagem.

O remédio contra a dor funciona melhor se for tomado no primeiro sinal de dor, e talvez não funcione bem se a pessoa esperar muito tempo. Snyderman diz para tomá-lo antes de fazer uma atividade que vá causar dor depois, como uma jardinagem pesada ou cortar lenha. Quando meus joelhos ainda não eram afetados pela artrite, eu engolia dois tabletes de Ibuprofen antes de cada partida de tênis. Deborah Weinberg

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h09

    -1,15
    3,121
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h16

    1,37
    64.634,00
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host