UOL Notícias Internacional
 

17/11/2008

Alimentados pelos ventos, incêndios da Califórnia deixam rastro de destruição

The New York Times
Por Rebecca Cathcart e Solomon Moore
Randal C. Archibold contribuiu
Em Los Angeles (EUA)
Os ventos Santa Ana, soprando às vezes com a força de um furacão, espalharam mais dois monstruosos incêndios florestais no sábado, destruindo centenas de casas e colocando 10 mil pessoas sob uma ordem de evacuação obrigatória.

O governador Arnold Schwarzenegger declarou estado de emergência no condado de Los Angeles, alertando os moradores das áreas afetadas de que o suprimento de energia elétrica estava ameaçado. Os incêndios também fecharam estradas, incluindo partes da Interestadual 5, a principal artéria que conecta o norte ao sul do Estado, e as rodovias
91 e 57. A Interestadual 5 foi aberta ao final da tarde depois de ter ficado fechada a maior parte do dia.

Os bombeiros estavam tentando conter o incêndio destrutivo conhecido como fogo do Chá que irrompeu na noite de quinta-feira em Montecito, um lugarejo a cerca de 140 quilômetros a noroeste de Los Angeles, quando outro incêndio surgiu durante a noite de sexta-feira na área de Sylmar, no vale de San Fernando, ao norte do centro de Los Angeles.

Este último incêndio destruiu 65 casas e 500 trailers, e deixou 100 casas danificadas. Além de queimar 6,5 mil acres até a tarde de sábado. Mais de dez mil pessoas foram evacuadas da área.

Até a tarde de sábado, os mais de mil bombeiros que trabalhavam em Sylmar haviam conseguido conter 20% do incêndio. "Ainda temos labaredas altas e ventos muito fortes", disse o inspetor de incêndios do condado, Ron Haralson, na noite de sábado.

Um terceiro incêndio começou na tarde de sábado em Corona, a cerca de 80 quilômetros de Los Angeles, em direção ao interior.

O incêndio de Corona, chamado de Fogo do Complexo da Rodovia, queimou mais de 2 mil acres e danificou 94 casas até a noite do sábado. Dez mil moradores fugiram do incêndio, que foi combatido por centenas de bombeiros. Vários aviões jogaram água e retardador de chamas até o cair da noite.

O chefe de batalhao Kris Concepcion do Departamento de Incêndios de Orange County disse que o fogo foi causado por ventos erráticos e que ainda estava fora de controle na noite de sábado.

Pelo menos 20 pessoas, incluindo bombeiros, ficaram feridas por causa dos incêndios. Autoridades de Santa Bárbara relataram uma morte, de uma mulher de 98 anos que morreu depois de ser evacuada na sexta-feira.

Schwarzenegger disse que a baixa umidade do ar e os ventos fortes previstos no começo da semana ajudaram os bombeiros a antecipar os incêndios sazonais e posicionar recursos em toda a região. Mas até a noite de sábado os recursos se mostraram escassos à medida que os focos do incêndio se multiplicaram pelos arbustos altos e secos do sul da Califórnia.

Além dos três incêndios principais, os bombeiros também enviaram equipes de solo e aeronaves para um fogo de 10 acres de extensão no Rancho Palos Verdes e para um fogo menor na região de Brea, ambos no condado de Los Angeles. Houve também um pequeno incêndio ao nordeste de San Diego e outro atravessando a fronteira no México, de acordo com autoridades estaduais.

Dos três incêndios principais, parece que os bombeiros estavam controlando melhor o de Montecito, que estava 60% contido até a noite de sábado, disse um porta-voz do Departamento de Incêndios de Motecito, Curtis Vincent. Vincent falou que os bombeiros foram beneficiados pelos ventos mais fracos na noite de sexta e no sábado.
Até o cair da noite as autoridades haviam suspendido a ordem de evacuação de cerca de 2 mil moradores.

O prefeito de Los Angeles, Antonio R. Villaraigosa, disse que o incêndio florestal de Sylmar parecia ser o mais grave em muitos anos.

"Sabemos que perdemos dezenas de estruturas", disse Villaraigosa, falando alo para ser ouvido ao som do vento. "Com certeza é mais do que perdemos durante a última década."

"Esses ventos são traiçoeiros", acrescentou Villaraigosa. "As pessoas precisam entender que por causa dos ventos o fogo pode chegar até elas em questão de minutos".

Equipes de emergência presenciaram uma demonstração de quão perigosos são os ventos quando no meio da noite, uma parede de chamas circundou o Centro Médico Olive View em Sylmar, e os funcionários do hospital trabalharam freneticamente para remover os pacientes graves enquanto a fumaça entrava no sistema de ventilação e os geradores de emergência falhavam.

O capitão Steve Ruda do Departamento de Incêndios de Los Angeles disse que o Parque de Trailers de Oakridge em Sylmar foi quase totalmente devastado. Ele disse que as placas de rua do parque foram derretidas pelas chamas.

"Foi uma tempestade de fogo. Havia labaredas de 15 metros de altura atravessando parque de trailers", disse. "As mangueiras de incêndio estavam derretendo no cimento e no concreto. Foi quente assim.", acrescentou.

O parque de casa móveis foi isolado pelo inspetor de incêndios na tarde de sábado, e o cheiro de gasolina era forte à medida que os bombeiros jogavam água sobre os escombros. O chefe de polícia William Bratton, que percorreu o local, disse que as estradas fechadas dificultaram a chegada dos bombeiros chegarem à região de Sylmar.

"Um número significativo de oficiais estava em San Fernando Valley", disse ele. "Quando começamos a fechar as rodovias, os bombeiros ficaram presos assim como todo mundo".

Ele disse que equipes de busca começarão a procurar por vítimas no parque "assim que amanhecer" no domingo. Bratton disse que há notícias de pessoas desaparecidas e que há vários carros estacionados no parque. Isso, segundo ele, é preocupante, e poderia indicar que algumas pessoas não conseguiram sair.

Moradores do parque de trailers estavam reunidos a uma quadra do local durante a noite, esperando entrar para avaliar o estrago.

Um dos moradores, Joseph Scottie D'Anna, 90, esperava por sua mulher, Betty, 82, e por seu filho.

"O problema é que eu não tenho dentes", disse D'Anna, que usava um boné coma bandeira americana e tremia enquanto falava. "Eu nem mesmo peguei minha dentadura."

D'Anna disse que eles não queriam sair do local.

"Então o bombeiro disse que eu tinha que sair. Nós tivemos apenas um segundo, foi só isso que pegamos". Ela aponta para o agasalho, para as calças e chinelos que está usando. Eles estão ficando na casa do filho.

Outro morador, Oscar Flores, 60, disse que ele e sua mulher, Espi, 55, evacuaram seu trailer no parque Oakridge às 2h30. Flores disse que ele deu uma olhada no lugar mais tarde naquela manhã e sua casa estava totalmente queimada.

"Tudo virou cinzas", diz Flores, que é aposentado. O Departamento de Água e Energia de Los Angeles reportou algumas falhas no fornecimento de eletricidade. Centros de evacuação abriram em todo o país conforme os incêndios se tornaram mais intensos.

Heidi Mendez, 32, e suas duas filhas, Jennifer, 14, e Teresa, 7, estavam entre os evacuados no Colégio San Fernando. Mendez, que está grávida e deve dar à luz em dezembro, disse que saiu de sua casa em Sylmar às 2h, quando ela e as filhas viram a fumaça em sua rua.

Ela disse suas amigas haviam feito um chá de bebê na noite de sexta-feira, que foi até as 21h.

"A fumaça era tanta que eu tive que cobrir minha boca com uma toalha molhada quando saímos", disse Mendez em espanhol. "Eu não queria respirar e prejudicar meu bebê".

Mas ela disse que teve problemas para descansar no centro de evacuação.

"Como é que você pode dormir quando não sabe se terá uma casa amanhã?"

Schwarzenegger visitou os estragos em Montecito no sábado.

"Minha família e eu viemos aqui para a região de Santa Bárbara muitas e muitas vezes", disse ele, em meio a uma turba de repórteres no Earl Warren Showgrounds, um local de evacuação de animais de criação em Santa Bárbara. "Adoramos vir para cá porque temos uma propriedade mais ao sul, e achamos que é uma das regiões mais bonitas do mundo. Mas quando você anda pelas áreas que foram queimadas, isso parece um inferno hoje."

O Departamento de Água e Energia de Los Angeles reportou falhas no fornecimento de energia e disse que isso iria continuar à medida que o fogo destruísse transformadores e danificasse os fios de luz.
Villaraigosa pediu aos moradores para economizar luz conforme o fogo avançava para os principais cabos de transmissão.

"Se o fogo ameaçar os cabos que levam eletricidade para a cidade, talvez tenhamos que fazer rodízio de blecautes", disse Villaraigosa.
Com a previsão de temperaturas na casa dos 32 graus, é provável que haja uma grande demanda de eletricidade.

Ruda, do Departamento de Incêndios, procurou acalmar as pessoas no centro de evacuação, dizendo a elas que mais equipes de emergência estão a caminho e que os helicópteros logo poderiam começar um ataque maior quando amanhecesse. "Logo que amanhecer, o que é bom", disse ele. "Nossos helicópteros podem ser mais agressivos". Eloise De Vylder

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host