Exclusivo para assinantes UOL

Grupo que compartilha despesas médicas vira opção a planos de saúde nos EUA

Abby Goodnough

Em San Antonio (EUA)

  • Ilana Panich-Linsman/The New York Times

    Chris Doyle, que abandonou os planos de saúde, e sua família

    Chris Doyle, que abandonou os planos de saúde, e sua família

Quando Chris Doyle soube que seu plano de saúde dedutível aumentaria para US$ 10 mil (cerca de R$ 36 mil) no ano passado, ele e sua esposa, ambos cristãos evangélicos, "passaram duas semanas apenas rezando", ele disse. 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos