Exclusivo para assinantes UOL

A última esperança de um condenado a prisão perpétua nos EUA (que se concretizou)

Dan Berry

  • The New York Times

Aquela quarta-feira era mais uma das mais indistintas no presídio federal de Greenville, no sul de Illinois. Um preso chamado Jesse Webster, cumprindo pena de prisão perpétua sem liberdade condicional por um primeiro crime não-violento, realizaria um teste de digitação, com seus dedos pairando sobre o teclado, quando de repente foi chamado pelo sistema de comunicação.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos