Exclusivo para assinantes UOL

Há algo para ser celebrado no Dia da Europa?

Sewell Chan

Em Londres

  • Toby Melville/Reuters

    Reino Unido votará a possibilidade de deixar a União Europeia em junho

    Reino Unido votará a possibilidade de deixar a União Europeia em junho

Nove de maio foi o Dia da Europa, a celebração anual da União Europeia de paz e unidade no continente. Por ser a UE, não foram esperadas queima de fogos ou festejos nas ruas de Bruxelas, apesar dos funcionários do bloco terem dia de folga e vários eventos públicos estarem planejados. O feriado celebra um discurso de 1950 de Robert Schuman, o então ministro das Relações Exteriores francês, que argumentava a favor da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço. Ela se tornou a base do que posteriormente evoluiria na UE. A segunda-feira também marcou o Dia da Vitória na Rússia, a comemoração do triunfo da União Soviética sobre a Alemanha nazista em 1945; um desfile militar gigante em Moscou celebra a ocasião. A derrota do Terceiro Reich costuma ser observada com mais frequência em 8 de maio. Apesar de grande parte do continente estar felizmente livre de guerras, um feito pelo qual a UE ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 2012, de muitas formas ele está enfrentando mais desafios do que nunca. Aqui estão seis deles:

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos