Exclusivo para assinantes UOL

Confinada em Homs, arquiteta imagina um novo futuro para a Síria pós-guerra

Stephen Heyman

  • Reprodução/Facebook

A arquitetura urbana da Síria contribuiu para alimentar a guerra civil que devastou o país e tirou as vidas de centenas de milhares de pessoas? Essa é a teoria provocadora proposta por Marwa al-Sabouni, uma jovem arquiteta de Homs que passou dois anos confinada em seu apartamento, com seu marido e dois filhos, enquanto o centro histórico da cidade era reduzido a escombros. 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos